Os animais podem escolher onde reencarnar? – A Visão Espírita

Na sua opinião, os animais podem escolher onde reencarnar?

É uma pergunta bem interessante, tendo em vista que os animais não tem individualidade o suficiente para que seus erros sejam contabilizados pela Justiça divina, teriam eles o privilégio de fazer a escolha de onde poderiam completar uma nova jornada na Terra?

Para respondermos isso, primeiro teríamos que falar um pouco sobre nós, os humanos.

Os seres humanos, quando desencarnam depois de desempenhar muito bem suas tarefas e suportarem suas provas e expiações com êxito, podem, mediante seu merecimento, fazer algumas escolhas para as suas próximas reencarnações, por exemplo: onde nascer, em que família nascer, as aparências físicas do corpo, quais novas provas deverá suportar, e assim por diante.

Os animais, assim como o espírito de seres humanos, também podem reencarnar, pois embora não tenham um estado espiritual ainda individualizado, ainda podem passar por algumas etapas semelhantes a nossa, como é o caso dos processos de evolução espiritual e a reencarnação.

Veja mais: Os animais podem ver espíritos?

Mas e os animais? eles podem fazer algumas dessas escolhas? Pelo menos os animais podem escolher onde reencarnar? Será que eles teriam este merecimento, já que eles não têm erros para expiar?

Na verdade, o merecimento não é bem um critério que vai servir como base para responder esta pergunta. A ferramenta que nos ajudará a responder é o livre-arbítrio.

Dessa forma, os animais não podem escolher onde nascer! E isso ocorre porque seu livre -arbítrio é muito restrito enquanto encarnados aqui na Terra. Segundo Marcel Benedeti, em seu livro Todos os Animais Merecem o Céu, quem vai fazer essa decisão é a equipe espiritual específica, uma espécie de comissão, que irá analisar caso a caso de cada animal.

Essa comissão que faz essa análise pertence à equipe responsável pelo planejamento reencarnatório dos animais.

A partir dessa avaliação, a equipe decidirá se esse ou aquele animal irá nascer no mesmo ambiente, na mesma família, inclusive, se irá continuar a pertencer à mesma espécie ou se já está na hora de evoluir para uma espécie mais avançada.

Veja mais: Por que os animais podem nascer deficientes, segundo o Espiritismo?

Fonte: Todos os Animais Merecem o Céu (Marcel Benedeti)

Gostou? Então COMPARTILHE!
Avatar

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.