Casos de Chico Xavier – Chico e a história da chave de casa

Casos de Chico Xavier – Chico e a história da chave de casa

Dona Cidália foi a madrasta do Chico, quando ele ainda era bem pequeno. Dona Cidália tinha um coração bondoso e, além disso, muito ética.

Certa vez surgiu um problema com uma vizinha, que estava fazendo algo que estava deixando Dona Cidália bem preocupada.

Esta história foi contada no livro “Lindos Casos de Chico Xavier”, pelo autor Ramiro Gama.

Com a saída do chefe da casa e dos filhos mais velhos para o trabalho e
com a ausência das crianças na escola, Dona Cidália era obrigada, por vezes,
a deixar a casa, a sós, porque devia buscar lenha, à distância.

Veja mais: Casos de Chico Xavier – Quando a madrinha o mandou lamber a ferida no joelho do primo

Aí começou uma dificuldade.

Certa vizinha, vendo a casa fechada, ia ao quintal e colhia as verduras.

A madrasta bondosa preocupou-se.

Sem verduras não haveria dinheiro para o serviço escolar.

Dona Cidália observou… Observou…

E ficou sabendo que lhes subtraía os recursos da horta; entretanto,
repugnava-lhe a ideia de ofender uma pessoa amiga por causa de repolhos e
alfaces.

Veja mais: Casos de Chico: a madrinha que o fazia passar fome e a prece que o ajudava

Chamou, então, o Chico e lembrou.

— Meu filho, você diz que, às vezes, encontra o Espírito de Dona Maria.
Peça-lhe um conselho. Nossa horta está desaparecendo e, sem ela, como
sustentar o serviço da escola?

Chico procurou o quintal à tardinha e rezou e, como das outras vezes, a
mãezinha apareceu.

O menino contou-lhe o que se passava e pediu-lhe socorro.

D. Maria então lhe disse:

— Você diga à Cidália que realmente não devemos brigar com os vizinhos que são sempre pessoas de quem necessitamos. Será então aconselhável que ela dê a chave da casa à amiga que vem talando a horta, sempre que precise ausentar-se, porque, desse modo a vizinha, ao invés de prejudicar os legumes, nos ajudará a tomar conta deles.

Dona Cidália achou o conselho excelente e cumpriu a determinação.

Foi assim que a vizinha não mais tocou nas hortaliças, porque passou a
responsabilizar-se pela casa inteira.

Veja mais: Psicografia de um pai que desencarnou por infarto fulminante: “Eu não estava sentindo nada”

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu