Chico Xavier conta sobre um dia em que chorou muito

Chico Xavier conta sobre um dia em que chorou muito

Chico sempre foi muito interrogado sobre diversos temas por repórteres, curiosos, e seguidores da Doutrina Espírita.

Chico, que sempre teve uma fé inabalável, certa vez foi interrogado se em alguma vez já havia chorado muito. Ele respondeu:

– Sim, meu filho, muito. Vou lhe contar uma história em que muito chorei.

Durante anos, visitamos uma amiga que havia se tornado paralítica e muda, levando em cada visita um pacote de biscoitos, um pedaço de bolo ou um doce qualquer.

Ver mais: Justiça nega pedido de dentista para ser reconhecido como filho adotivo de Chico Xavier

Quando já havíamos completado seis anos de visitas, lhe disse:

– Valéria, hoje estou com a impressão de que você pode falar. Fale, Valéria. Diga pelo menos “Jesus”.

Ela olhou-me demoradamente. Os olhos, límpidos como um céu sem nuvens. Fez um esforço muito grande, mas não consegui falar.

Após a prece, voltei a insistir: – Valéria, Jesus andou no mundo, curou tanta gente, tantos iam buscá-Lo nas estradas, ou na casa onde ele permanecia e pediam-lhe a graça da melhora ou da cura e foram curados.

Ver mais: Chico Xavier psicografa para pais que tiveram filha assassinada

Imagine-se caminhando ao encontro de Jesus, embora você não ande há tantos anos. Imagine-se olhando-o e dizendo “Jesus”.

– Fale “Jesus”, Valéria.

Ela fez novamente um grande esforço, olhou-me demoradamente. Por fim, conseguiu dizer:

– “JESUSO”.

Fiquei muito emocionado e as lágrimas me vieram aos olhos. Pedi a alguém que chamasse a sua irmã.

– Valéria, minha filha, fale para sua irmã. Há muitos anos que ela não ouve o som de sua voz. Fale outra vez “Jesus”.

Ver mais: Renúncia: novela baseada em obra de Chico Xavier que foi cancelada após 12 capítulos

Ela nos olhou demoradamente. Fez novamente um esforço enorme e repetiu: “JESUSO”.

Quando nos retiramos, estávamos todos contentes e achávamos que, com o tempo, Valéria iria conseguir pronunciar algumas palavras.

Na semana seguinte, porém, ela desencarnou.

Alguns anos mais tarde, começou a aparecer-me uma entidade na forma de uma senhora muito bonita.

Ver mais: A vida de Chico Xavier e a mediunidade na infância do médium

Quando chegava, todo o meu quarto ficava iluminado. Procedia então à transmissão do passe na região do tórax, mais propriamente sobre o coração.

E assim procedeu por um mês, aproximadamente.

Foi nessa época que tive o primeiro enfarte.

Mais tarde, recuperado, graças à Misericórdia Divina, no período em que fiquei vinte dias mais ou menos imóvel, a entidade apareceu-me novamente. Então lhe disse:

– Ah! minha irmã, agora compreendo porque você me dava passes no coração. Estava fortalecendo-me para resistir ao enfarte que viria, não é mesmo?

Ver mais: O sofrimento antes da morte e o Espiritismo – Por Chico Xavier e André Luiz

Acenou-me afirmativamente com a cabeça.

– Olhe, quero que me dê seu nome para eu orar por você. Estou-lhe muito grato pela carinhosa assistência.

– Chico, somos tão amigos que não vou lhe dar meu nome. Vou dizer uma palavra e você vai se lembrar de mim.

– Será, minha irmã?

– Tenho certeza, Chico.

– Então diz.

– “JESUSO”

Ver mais: Entrevista com uma suicida – Psicografia de Chico Xavier

– Ah! Valéria, era você então. ..Como você está bonita…eu não mereço a sua visita.

– Sim, eu mesma. Vim lembrar os nossos sábados em que orávamos tanto. Lembro-me com emoção da última palavra que pronunciei e vim trazer-lhe confiança em Jesus. O nome de Jesus tem muita força, Chico.

– Então, ela colocou a mão sobre o meu peito e a dor desapareceu.

Fonte: contém trechos do livro “Chico, de Francisco”. Autoria de Adelino da Silveira.

Ver mais: Mensagem de Chico Xavier – Estamos cercados de testemunhas

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu