Como desenvolver minha mediunidade sozinho?

Como desenvolver minha mediunidade sozinho?

Como desenvolver minha mediunidade sozinho?
4.5 (89.09%) 22 votes

Se você já pensou na questão: como desenvolver minha mediunidade sozinho, então você deve fazer algumas considerações.

Em primeiro lugar devemos parar para pensar a maneira como você pretende desenvolver a mediunidade sozinho, em casa, por exemplo.

Como desenvolver minha mediunidade sozinho de uma forma segura?

Isso em minha opinião é complicado de responder diretamente, vejamos:

Hoje dispomos de vasto material na internet sobre o assunto de “como desenvolver a mediunidade”, mas em verdade, você já parou para pensar e tem maturidade e vivência o suficiente para selecionar o melhor material?

O material o qual você dispõe sobre como desenvolver a mediunidade sozinho procede de fontes confiáveis?

Se você pensa em desenvolver a mediunidade sozinho, está certo de que não precisará de nenhum auxílio durante esta jornada?

Em que patamar de conhecimento você está? Já é um estudante avançado ou ainda tem muito a aprender?

Viu como é complicado? Não dá pra chegar a uma resposta, pois cada um que responda essas e outras perguntas por si só e avaliem.

desenvolver mediunidade sozinho 2

Como desenvolver minha mediunidade sozinho e obter todas as vantagens de um estudo em grupo?

São muitos os questionamentos que podemos fazer sobre o tema. Pessoalmente eu penso que há somente uma vantagem em como desenvolver a mediunidade sozinho:

É que ficamos um pouco mais distante do orgulho. Sim! Quando uma pessoa está certa de que sua mediunidade é mais aflorada que seus companheiros, o orgulho pode lhe bater mais forte, deixando-o aflorar. E desenvolver a mediunidade sozinho pode amenizar esse fator.

É importante deixar claro, que a comunicação espiritual é cheia de melindres. Não são todas as pessoas que estão preparadas para lidar com isso sem a ajuda de outras pessoas.

Um médium imaturo, no meio de seus estudos e desenvolvimento solo, pode se deparar com espíritos de má índole e demorar para perceber, isso se perceber? Sim, claro! É perfeitamente possível e este é uma das questões mais importantes a se levar em conta: Achar que está fazendo tudo certinho.

E em certos tipos de mediunidades em que a consciência do médium fica latente, ou melhor, chamada de mediunidade inconsciente? Após o transe mediúnico, sem ninguém ali presente, teria como o médium, após o retorno ao consciente, avaliar o que foi realizado?

desenvolver mediunidade fora do centro espirita 2

E na chamada “mediunidade de incorporação”, qual seria o sentido de desenvolvê-la sozinho, se o espírito comunicante não puder comunicar aquilo para outras pessoas?

Mas não estamos aqui para lhes desencorajar. Cada um sabe o que faz.

Se for mesmo este caminho que quer seguir, reúna o material necessário para começar os estudos. Aconselho primeiramente à buscar em primeiro lugar as obras básicas de Allan Kardec, mesmo se você não for adepto à Doutrina Espírita.

As obras de Allan Kardec não tratam de religião, especificamente. Trata-se muito além! São instruções técnicas sobre a vida dos espíritos, como eles agem, para onde vão, de onde eles vêm e assim por diante.

Como desenvolver minha mediunidade sozinho usando os livros de Allan Kardec?

Em primeiro lugar temos o O Evangelho Segundo o Espiritismo:

Quando falamos em Espiritismo aplicado ao evangelho não pense no quesito religioso, mas sim em “instruções morais dos espíritos”.

E de onde vieram essas instruções morais? Vieram do Mestre Jesus!

O Evangelho Segundo o Espiritismo vem esclarecer aquilo que ficou incompreensível ou esquecido à muitos séculos atrás. Aquilo que a Bíblia não pôde esclarecer com o máximo de exatidão de palavras, o Evangelho Segundo o Espiritismo diz numa linguagem clara e objetiva.

Com esta obra você poderá guiar seus passos e arquitetar como desenvolver a mediunidade para o lado do bem, podendo levar a melhor mensagem possível para as pessoas, minimizando os riscos de se usar todo o conhecimento adquirido para o lado das trevas.

Em seguida temos O Livro dos Espíritos:

Essa obra é bem mais técnica do que o O Evangelho Segundo o Espiritismo.

No O Livro dos Espíritos você aprenderá o básico sobre como é a vida no plano espiritual, como os espíritos agem no plano espiritual e também como conseguem atuar no plano material. Mas não só isso.

Você ficará sabendo sobre a vida e a graduação evolutiva em outros planetas; em como podemos nos comunicar com o plano espiritual durante o sono e através dos sonhos; além de inúmeras outras questões.

Além deles temos também O Livro dos Médiuns:

Eis a obra de Allan Kardec em que você terá a chance de aprender ainda mais sobre a vida dos espíritos no plano espiritual e suas ações no plano material, assim como deve ser a atuação mediúnica e o comportamento do médium.

Estes acima eu considero os que você deveria ler primeiro! Mas…

Não menos importante temos ainda O Céu e o Inferno, contendo diversas histórias de comunicações com os espíritos tanto evoluídos quanto ainda em estágios inferiores; e A Gênese, que mostra como foi o processo espiritual e físico da formação do Universo, a Terra e os elementos que compõe a criação de uma forma geral (em minha opinião é o livro de Allan Kardec com linguagem um pouco mais densa que os outros).

Alerta! Os livros acima não lhe ensina como fazer para desenvolver a mediunidade pura e simplesmente! Eles te darão as instruções iniciais. Muitos médiuns relatam que a aprendizagem massiva vem da prática constante e com propósito bem desenvolvido.

estudar mediunidade sozinho 2

Mas por que eu devo iniciar por estes livros?

Estes são livros pioneiros de um estudo sério voltado para o uso da mediunidade, com propósitos verdadeiros e guiados sobre uma moral inquestionável.

O conhecimento que essas obras trazem, ainda é usado até hoje em diversos centros espíritas e diversos outros templos de outras doutrinas espiritualistas, que desfrutam da mediunidade e do conhecimento sobre a vida no plano espiritual.

Conhecendo bem as leituras acima, você poderá selecionar diversas outras leituras complementares, podendo discernir se as outras leituras são sérias ou se são “abobrinhas”!

Não se engane! Tem muito material ruim, digo péssimo, sobre este assunto.

Veja mais:

Veja abaixo o que diz o médium Divaldo Franco sobre a viabilidade de desenvolver a mediunidade sozinho:

Tags adicionais: como desenvolver minha mediunidade sozinho, como desenvolver a mediunidade, como fazer para desenvolver a mediunidade, como melhorar a mediunidade, como praticar a mediunidade, mediunidade como desenvolver, mediunidade ostensiva como desenvolver, quero desenvolver minha mediunidade.
Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu