Como os Espíritos fazem para transportar objetos?

Como os Espíritos fazem para transportar objetos?

Como os Espíritos fazem para transportar objetos?
4.5 (90.77%) 13 votes

É interessante pensar que os Espíritos não possuem corpo físico, mas podem transportar objetos de um lugar a outro. Mas como fazem eles para tocar e transportar estes objetos?

Estes fenômenos são denominados por Allan Kardec, como Fenômenos de Efeitos Físicos. Tais fenômenos podem ser observados, por exemplo, nas batidas; ruídos; materialização dos espíritos, assim como sua tangibilidade (momento em que se tornam palpáveis); suspensão e movimentação de objetos, assim como o transporte dos mesmos.

Em primeiro lugar vamos aprender como os fenômenos de efeitos físicos acontecem:

Figura: para movimentar um objeto, por exemplo, o espírito “satura” esse objeto com as energias e elementos combinados de seu perispírito com o perispírito do médium e do Fluido Cósmico Universal, e pela ação da vontade, modifica as propriedades físicas da matéria do objeto, permitindo assim que a sua vontade desloque esse objeto..

De forma geral, os fenômenos de efeitos físicos são gerados pela combinação de fluidos que partem dos Espíritos, com os fluidos fornecidos pelos encarnados, especialmente encarnados que possuem capacidade mediúnica para tal e, também o “fluido cósmico universal” entra nessa combinação. Quando combinados esses três fluidos, forma-se uma espécie de “massa energética”, que o espírito usa, de acordo com sua vontade envolve para envolver os objetos e, dessa forma, pode mover um determinado objeto.

Seria bom se houvesse uma explicação mais fácil de se entender, mas acredite em mim, ou melhor, acredite em Kardec! Esta já é a explicação mais simplificada dada pelos próprios espíritos na obra O Livro dos Médiuns.

Mas para que os espíritos utilizam esses fenômenos? No O Livro dos Médiuns, fica claro que a maioria das entidades espirituais que usam desses fenômenos, usam somente para atormentar-nos, usam de nossas crendices e superstições, misturadas a esses fenômenos para nos assustar. Mas em alguns casos, mais louváveis, procuram chamar a atenção e pôr-se em comunicação com certas pessoas, quer para lhes darem um aviso proveitoso. Muitos temos visto que pedem preces; outros que solicitam o cumprimento, em nome deles, de votos que não puderam cumprir; outros, ainda, que desejam, no interesse do próprio repouso, reparar uma ação má que praticaram quando vivos.Imagem relacionada

Assim foram os inúmeros casos das mesas girantes, fenômenos de efeitos físicos que chamaram a atenção de muitas pessoas, inclusive de Kardec, que estudou os fenômenos, acompanhou as comunicações com estes espíritos e finalmente, quando concentrou um volume de informações importantes, editou o livro intitulado de O Livro dos Espíritos.

 

 

Mas pode um Espírito transportar um objeto de um lugar para outro?

Sim, podem. E o processo é praticamente o mesmo do que foi exposto nos exemplos acima, apenas devemos acrescentar duas pequenas etapas: desmaterialização e rematerialização.

Tomemos o exemplo de uma reunião mediúnica, onde um determinado espírito trouxe um prato de bolinhos. As pessoas da reunião tocam aqueles bolinhos, cheiram, pegam a porcelana do prato (que é sólida), e percebem que aquele material não foi preparado pelos Espíritos.

É exatamente isso! Os espíritos transportaram este material de um lugar para outro, no caso, para a mesa da reunião, usando a desmaterialização dos objetos e logo depois refazendo o conteúdo material no outro lugar de destino. Para tal feito, usaram o mesmo mecanismo dos três fluidos.

 

 

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu