Como se livrar do sentimento de culpa – Culpa e Espiritismo

Como se livrar do sentimento de culpa – Culpa e Espiritismo

Como se livrar do sentimento de culpa – Culpa e Espiritismo
5 (100%) 12 votes

Como se livrar do sentimento de culpa? Primeiramente procure saber de onde vem esse sentimento de culpa!

Sempre que você costuma se sentir culpado, apenas dê um passo para trás e procure a crença em sua “mente” que faz você sentir que fez algo errado. Então perceba que uma crença é apenas um “condicionamento mental” passado. Não há verdade definitiva em uma crença, é apenas uma ideia. Essa compreensão simples libera você da culpa.

Poucos de nós são simples o suficiente em nossas mentes para entender essa verdade. No fundo, todos nós queremos parar de nos sentir culpados porque isso corrói nosso estado emocional. Então, vamos estudar a culpa com mais detalhes.

Entenda qual a verdadeira razão desse sentimento para depois saber como lidar com a culpa

como lidar com a culpa 2

A culpa é sentida quando você percebe que fez algo errado (de acordo com seus padrões / crenças pessoais).

Sua mente compara o que você fez com sua “moral / crenças” e chega a um veredicto de que você está errado.

A ideia da sua mente de certo e errado (padrões morais) vem do seu condicionamento – isso inclui o condicionamento de dentro e de fora de você. Condicionado de fora vem do que você aprendeu com seus pais, professores ou amigos. A menos que você se torne consciente desse condicionamento, você pode ficar preso em bloqueios mentais e de medo.

Eventualmente, todas as crenças criadas pelo condicionamento são apenas idéias. Eles são apenas uma falsa perspectiva que você carrega em sua mente que você usa para se julgar.

Quando você se julga como estando “errado”, você se sente culpado. Este julgamento vem da nossa mente. Seu “coração” lhe permite saber quando você está perdido, mas não o julga por isso.

Como se livrar do sentimento de culpa e a propensão a ter esse sentimento?

É importante notar que alguns de nós estão propensos a sentir mais culpa do que outros.

Podemos nos criticar por coisas muito pequenas, pois haverá outros que não se sentirão culpados nem mesmo por alguns grandes crimes cometidos.

Tomemos por exemplo os ditadores que governaram muitas nações. Você realmente acha que eles se sentiram culpados por cometer todos esses crimes? Você pode ter certeza de que não.

Se você tem uma alma sensível, você está fadado a sentir mais culpa do que alguém que não é tão sensível. De fato, há estudos que sugerem que pessoas propensas à culpa têm mais empatia e são capazes de decifrar facilmente as emoções e o estado de espírito das outras pessoas.

O sentimento de culpa e o Espiritismo

como se livrar da culpa e do arrependimento 2

Para explicarmos o sentimento de culpa na visão espírita, vamos recorrer ao texto do material intitulado “No Mundo Maior – cap.12 – Enfermidade Estranha ” do Grupo de Estudo André Luiz (Outubro de 2003):

A Sabedoria Divina permitiu assim que através desta essência divina, o nosso Espírito tivesse uma verdadeira sentinela vigilante a nos orientar incessantemente, que costumeiramente denominamos “nossa consciência”, ou “voz da consciência”.

Quando cometemos um erro, uma falta ou não cumprimos com nossos deveres, segundo os referenciais que já desenvolvemos em nosso Eu interior (nosso Espírito), nossa consciência nos dá um sinal, um alarme, um aviso, notificando-nos que estamos em desacordo com estes referenciais e sendo assim, estamos em divergência de conduta real / conduta possível.

Normalmente, devido a nossa imperfeição, não estamos atentos o necessário para identificarmos estes sinais ou alertas, e na maioria das vezes ignoramos, não valorizamos, não escutamos, não reconhecemos, desprezamos, fugimos às vezes intencionalmente, direcionamos nossa atenção para outras alternativas, nos esquivamos entre outras atitudes que não levem em consideração esta “voz da consciência”.

E assim, de erro em erro, vamos levando a vida, esquivando-se dos sinais, às vezes com facilidade outras vezes com mais dificuldade, mas, parece que esta voz vai ganhando espaço e força dentro de nós.

Num determinado instante da vida, talvez pelas reincidências sucessivas nos mesmos erros esse sinal ou alerta passa a encontrar eco dentro de nós, passa a repercutir de maneira efetiva, ganhando valor e significado.

E aos poucos a intensidade desta consciência vai ficando muito desconfortável, e cada vez mais se torna difícil de fugir ou esquivar-se, gerando verdadeiro conflito, via de regra, associado a sofrimento efetivo, e surge, então, o sentimento de culpa.

sentimento de culpa como se livrar 2

O sentimento de culpa se caracteriza por um ciclo vicioso mental, que induz a uma estagnação, onde não conseguimos nos desvencilhar, conduzindo-nos a autopunição, e nem sempre identificamos o erro ou o ponto divergente e nos perdemos em desequilíbrio.

Naturalmente, decorrem processos negativos, tais quais a depressão, angustia, tristeza, desanimo, abatimento, isolamento, agressividade, entre outros, caminhando para a obsessão e seus distúrbios psicossomáticos.

Ao constatarmos a ocorrência do sentimento de culpa, busquemos ajuda da espiritualidade, dos amigos, dos recursos de assistência na Doutrina Espírita, mas identifiquemos o erro, arrependamo-nos das faltas cometidas, através do auto-perdão e aceitemos nossa inferioridade sem reclamar, resignando-nos da expiação, mas aproveitemos a provação para torna-la significativa, buscando a reparação sem mais demora.

Aprendamos a servir ao próximo, exercitando nossa capacidade de amar, pois assim tornaremos possível combater nossos defeitos e aprimorar nossas qualidades, reduzindo a possibilidade de errar, cada vez mais.

Situações comuns que nos fazem sentir culpados e dificultam saber como lidar com o sentimento de culpa

Alguns exemplos comuns do dia a dia de situações que nos fazem sentir culpados são os seguintes:

1.) Auto-estima
Isso tem que estar no topo da lista e de fato engloba a motivação que nos leva a cometer a ação que nos causa culpa. Auto-estima de qualquer tipo geralmente acaba nos tornando culpados.

Exemplo: participar de uma fantasia, fumar, beber, fazer sexo ou mesmo comer (o que você acha que não deveria estar comendo).

2.) Traição, trapaça ou corrupção

Todos nós fomos criados em um código de conduta que valoriza muito a honestidade. Então, quando mentimos ou nos enganamos, nos sentimos profundamente culpados por dentro. Mesmo os criminosos mais endurecidos sentem uma pontada de culpa dentro deles por fazer algo antiético. Quando crianças nos disseram que somos “ruins” porque roubamos ou mentimos. Esse condicionamento permanece na mente.

3.) Sentir-se inútil

Nossa sociedade tem doutrinado a importância da “Atividade” tão profundamente na psique de cada criança que ela cresce se sentindo culpada por relaxar.

Exemplo: Se você simplesmente ficar em um dia de semana, começará a sentir uma pontada de culpa dentro de você sabendo que há muitas pessoas se arrastando em seu trabalho. As pessoas até se sentem culpadas se não estão estressadas, sentem que não estão fazendo o suficiente.

4.) ficar com raiva

Muitas pessoas se sentem culpadas por seus estados emocionais. A raiva é um grande “não” nos livros de muitas mentes. Claro que a raiva é uma emoção negativa porque causa sofrimento eventualmente. Nos sentimos terríveis sobre nós mesmos depois de um episódio de raiva, e essa culpa parece surgir do coração.

Exemplo: Gritar com alguém no estacionamento por ser lento e depois perceber que não foi culpa deles.

5.) Dizendo Não

Dizer não a alguém pode causar uma enorme culpa em nós. Isso é especialmente verdadeiro se você tiver um elemento de “agradar as pessoas” em seu blog. Você pode valorizar as necessidades e desejos de outras pessoas acima das suas e se sentir automaticamente mal quando não for capaz de acompanhar esse padrão.

Exemplo: Dizer não a um relacionamento ruim ou terminar quando a outra pessoa quiser ficar em casa.

6.) Revivendo a infância ou experiências passadas

Ações que você fez em seus dias mais jovens podem vir a assombrá-lo no presente. Essas ações não pareciam tão ruins naquela época, mas em seu nível atual de consciência, você as acha ruins.

Exemplo: Você era um valentão nos dias de aula e causou mágoa a alguém de quem se arrepende agora.

5 dicas para você saber como se livrar do sentimento de culpa

sentimento de culpa espiritismo 2

Por que você quer viver com culpa? Não serve a nenhum propósito, exceto para fazer você se sentir infeliz.

Você pode ver que a sua mente se torna seu verdadeiro inimigo na medida em que continua reforçando sentimentos de culpa sobre coisas que você fez no passado?

*

Você pode usar esses ponteiros simples para impedir a mente de vitimá-lo pela culpa:

*

1.) O passado não define o seu presente

Se você estiver disposto a ser realmente honesto, verá que o passado é apenas memória.

Você reforça isso pensando no seu presente.

O que você é agora não é o que você era no passado. Na realidade você é uma pessoa diferente todos os dias e a cada momento. A culpa só pode surgir quando você se associa com quem você era no passado.

2.) “Errado” é apenas uma ideia

Na verdade, não há nada certo ou errado. Tudo é apenas uma manifestação neste mundo de forma.

As circunstâncias são neutras até que a mente as rotule. Você pode simplesmente ignorar sua mente quando ela tenta fazer você se sentir culpado.

Saiba que sua mente é apenas um computador que está executando um script condicionado.

Pare de ter uma consciência culpada ao saber que é apenas uma ideia da mente.

3.) “Perdoa-os porque não sabem o que fazem”

Um belo ponteiro dado por Jesus que pode ser aplicado em nossas vidas.

Todas as nossas ações são inconscientemente impulsionadas pelo instinto ou impulso. Podemos nos perdoar por estarmos inconscientes? Claro, não há nada pessoal sobre a inconsciência humana. A vida é perdoadora para sempre.

4.) Você pode aprender sem se sentir culpado

Então você fez algo “errado”. Será que serve algum propósito para se punir continuamente por isso?

Por que não usar a experiência para se tornar mais maduro? Tudo na vida é uma abertura para o crescimento.

Abrace a mensagem de que sua culpa lhe traz, mas não associe com o sentimento.

Seu coração está sempre disposto a perdoar, é a mente que sempre joga o jogo da culpa.

5.) Torne-se consciente de suas crenças

A culpa pode facilmente fornecer uma oportunidade de crescimento.

Olhe profundamente para perceber a crença disfuncional ou o pensamento que faz com que você se sinta culpado e esteja aberto o suficiente para ver através de sua tolice. Todas as crenças são basicamente bobas.

A culpa também pode nos ajudar a nos tornar mais justos e virtuosos, desde que não nos iludamos.

A maior virtude é permanecer fiel ao nosso coração e não à nossa mente. Mas perdoe-se primeiro antes de esperar aprender alguma coisa com a experiência.

Veja mais:

Fonte: 5 Pointers To Help You Overcome Feelings of Guilt. Disponível em: http://www.outofstress.com

Tags adicionais: como se livrar do sentimento de culpa, sentimento de culpa, como lidar com a culpa, conceito de culpa, sentimento de culpa espiritismo, como se livrar da culpa e do arrependimento, sentimento de culpa como se livrar, como lidar com o sentimento de culpa, culpa espiritismo, sentimento culpa, como se libertar da culpa, como a culpa é minha, a culpa não é minha.

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu