Dificuldade no relacionamento amoroso – A visão do espiritismo

Dificuldade no relacionamento amoroso – A visão do espiritismo

Dificuldade no relacionamento amoroso – A visão do espiritismo
5 (100%) 1 vote

“Porque não tenho sorte nos relacionamentos?”

Todos nós passamos por dificuldades na vida. Algumas pessoas passam por dificuldades financeiras, outras de saúde; nosso vizinho tem dificuldades de relacionamento com a família e assim por diante.

É frustrante, eu sei, a questão da desilusão amorosa. Primeiro porque você aprende a gostar de uma pessoa, passa o tempo e você se dedica para aquele sentimento florir mais e mais, porém chega a hora em que ocorre algo e que temos a sensação do mundo desabar nas nossas costas. Essa é a cruz das pessoas com dificuldade de relacionamento amoroso.

Ficamos com a sensação de que somos a pessoa mais sofredora do planeta. “Não tenho sorte no amor”, dizemos.

Eis que o O Evangelho Segundo o Espiritismo (Allan Kardec) nos orienta que dediquemos nossas vidas a coisas tão importantes quanto ou até mais importantes do que as relações amorosas. Imagine que há pessoas que se deixam destruir por dentro por causa de outra pessoa. É como se o “apaixonado” colocasse toda a responsabilidade da própria felicidade em cima das costas do outro.

É importante que tenhamos outras atividades importantes na nossa vida, pois se surgir a dificuldade no relacionamento amoroso, não fiquemos tão desesperados.

Relacionamentos conturbados segundo o espiritismo

Ninguém entra na nossa vida por acaso. Sempre temos algo para aprender, seja com as alegrias ou através das tristezas que a vida nos proporciona.

Pensemos que somos espíritos que já vivemos diversas encarnações. Com diversas encarnações trazemos dívidas para a nossa vida atual e podemos quitar essas dívidas de várias formas, e, quem sabe, uma delas seja através das dificuldades no relacionamento amoroso.

Quantas pessoas machucamos no passado? Não necessariamente no quesito amoroso, mas muito provavelmente devemos ter machucado várias delas. E as dificuldades no relacionamento amoroso vem como uma ferramenta para ajustar tais dívidas.

Às vezes a misericórdia divina joga aquelas pessoas com o coração bem duro para que nós, que temos um coração mais maleável, possamos amaciar com nossos gestos e ações de carinho. Às vezes conseguimos, às vezes não. Mas perante o Pai, fizemos nossa parte. E o sofrimento que tivemos que aguentar, tentando guiar aquele cônjuge difícil que só te dá dor de cabeça, logo será compensado com as bençãos divinas.

Espiritismo e relacionamentos difíceis – É tudo culpa dos espíritos?

dificuldade em relacionamentos amorosos 2

Vale a pena lembrar também que nem sempre os relacionamentos complicados são causa das dívidas passadas. Tá cheio de pessoas por aí que amam procurar problema, não é mesmo?

Você sofre com relacionamentos amorosos estagnados, desgastados ou simplesmente sente que ninguém se interessa por você?

Este alerta é só para lhe lembrar que, nem tudo de ruim que te acontece é culpa dos ESPÍRITOS! Muitas vezes (MUITAS MESMO!) o problema é o nosso íntimo!

Muitas pessoas desconhecem que a ajuda profissional de um psicólogo poderia ajudar imensamente nesse aspecto. Às vezes permanecemos tanto tempo preocupados com esse tipo de questão afetiva/amorosa, que esquecem que o tempo fica parado, esquecem de que existem tantos outros aspectos da vida que IMPLORAM por atenção.

Imagine-se ficar 20 anos com o pensamento fixo em encontrar uma pessoa bacana para o resto da vida, ignorando todo o resto (sua vida profissional, os estudos, ou alguma coisa que te profissionalize e te coloque “pra cima”). Daí olha-se pra traz e fica mais triste ainda, devido o tempo perdido. Sofrer por amor não é pecado nem vergonhoso, mas sofrer para toda a vida, sim. Amores relacionados ao afeto Homem/Mulher (ou homossexual, dependendo do seu gosto), eles vêm e vão. Mas evitemos estagnar nossas vidas só por causa disso.

A baixa autoestima e relacionamentos afetivos

desilusão amorosa segundo espiritismo 2

A psicoterapia tem ferramentas para te ajudar a ser feliz, ser independente, tendo uma vida produtiva, com frutos profissionais, ajudando melhorar sua relação com a família, vizinhos, amigos, o mundo. A psicoterapia ajuda sua autoestima, pois se você se vê como uma pessoa derrotada, as outras te verão assim também.

Veja mais:

O encontro de almas gêmeas segundo o espiritismo – Isso Existe?

Os amores aparecem quando menos esperamos, aliás, quase tudo que queremos! Não é verdade? Eles aparecem em vários lugares, seja no seu trabalho, no seu local de estudo, durante um passeio na rua… são tantas possibilidades! Mas se sua AUTOESTIMA não estiver legal, aquela pessoa que possivelmente seria seu amor, nem vai te notar, mas se ele notar, logo vai querer cair fora!

Dessa forma, não é o amor que não te encontra, é você, caro leitor(a), que não está permitindo que ele te encontre. Antes de se preocupar com o amor, preocupe-se com sua autoestima ou melhor, com a sua baixa auto estima, ela precisa ser eliminada.

Isso não quer dizer que você deve se transformar num orgulhoso(a), mas trata-se de aprender a se amar.

 

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu