Espiritismo e os sintomas físicos de mediunidade aflorada

Espiritismo e os sintomas físicos de mediunidade aflorada

Espiritismo e os sintomas físicos de mediunidade aflorada
3.8 (75.38%) 13 votes

Espiritismo e sintomas físicos da mediunidade – Breve introdução

Mediunidade é um termo utilizado pelos espíritas e codificado por Allan Kardec. E médium é uma palavra de origem grega, que quer dizer intermediário. Isso significa que a pessoa que se dispõe a desenvolver e trabalhar sua mediunidade se torna um canal, um porta-voz, trazendo para o mundo físico as mensagens que recebe do mundo extrafísico.

Ser médium é apenas uma consequência da nossa condição humana, e isso não é bom, nem ruim.

Todos nós somos médiuns, e vemos por aí pessoas escolhendo fazer o bem ou fazer o mal. Portanto, o que torna a mediunidade boa ou ruim são as nossas ações.

Por meio do livre-arbítrio, nos tornamos bons ou maus médiuns, podemos atender os pedidos dos espíritos de luz ou das trevas, depende da nossa vontade e ações.

Somos influenciados mediúnica e energeticamente para fazermos o bem ou o mal no dia a dia, durante toda a nossa vida. E isso pode influenciar, e muito na nossa saúde física e espiritual.

Veja mais:  Como ocorre o surgimento da mediunidade

Mas também é missão explicar, que toda doença se manifesta primeiro no perispírito (substância que recobre o espírito). Quando o perispírito torna-se saturado de energias deletérias, a doença chega ao corpo físico, manifestando os sintomas de dessa ou daquela determinada doença. Toda doença física é a materialização de um distúrbio psíquico/energético prévio.

Sintomas de mediunidade desequilibrada

sintomas de mediunidade desequilibrada 2

A mediunidade desequilibrada é como um carro desgovernado. Para um médium que ainda não começou a desenvolvê-la, pode ser muito desconfortável.

Porém não são todas as pessoas que necessariamente vão passar por todos esses sintomas do despertar da mediunidade. Algumas pessoas, mesmo sem muitas instruções parecem conseguir agilizar o seu desenvolvimento, encontrando a tempo grupos de estudo e desenvolvimento, evitando muitos desconfortos.

Quais os sintomas da mediunidade ostensiva aflorando?

– Mal-estar em ambientes com muitas pessoas;

– Mal-estar próximo a pessoas específicas;

– Transtorno de humor e bipolaridade constante;

– Forte vazio no peito, sentimento de angústia, de não ser compreendido pelas outras pessoas, de que as coisas não estão certas, de que está fora dos trilhos;

– Agitação, hiperatividade e animosidade;

– Raiva, estresse e chateação desproporcional;

– Antipatias injustificáveis;

– Transtornos de ansiedade;

– Pensamentos autodestrutivos, inferiores ou fixos;

Veja mais: Como identificar os sintomas físicos de obsessão espiritual

sintomas de mediunidade ostensiva 2

– Bloqueio mental e criativo;

– Desmaio sem causa aparente;

– Insônia;

– Fobias emocionais;

– Inquietação sem motivo e falta de saciedade emocional;

– Perturbações espirituais;

– Sentimentos fortes de menos-valia e baixa autoestima;

– Dores, crises, conflitos, vícios e hábitos nocivos;

– Desequilíbrio mental, hipersexualidade, distúrbios alimentares (muita fome ou pouca fome), irritação, fobia social.

sintomas do despertar da mediunidade 2

O mais importante é compreender que, a partir da aceitação e da construção de um bom relacionamento com a própria mediunidade, é possível minimizar e até eliminar muitos desses sintomas.

Um bom começo é passar a observar os sintomas do despertar da mediunidade e suas diversas sensações para ter indícios de qual tipo de mediunidade você manifesta.

Você sabe como é que acontece a influência dos espíritos no médium que está iniciando? Sabe por que algumas vezes ele pode ficar tão mal, que parece estar doente? Sabia que ele pode realmente adoecer, caso ele não receba os cuidados necessários?

Veja o vídeo abaixo:

Fonte: Artigo – Eclosão da Mediunidade, disponível em: https://fems.org.br/

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu