Espíritos que se transformam em animais — Isso é possível?

Espíritos que se transformam em animais — Isso é possível?

Espíritos que se transformam em animais — Isso é possível?
3 (60%) 2 vote[s]

Espíritos que se transformam em animais — O Perispírito e as mudanças que ele pode passar

Nesse artigo do blog não iremos falar em retrocesso do Espírito, até porque o espírito não pode retroceder; falaremos somente da mudança da forma, da possibilidade dele mudar sua aparência pela força da vontade. Será que é possível?

É um tema que fica até meio complexo de se explicar sem que o espírita ou espiritualista iniciante não tenha conhecimento sobre algumas literaturas como o O Livro dos Espíritos e O Livro dos Médiuns, ambos obras de Allan Kardec.

Para entendermos as faculdades que os espíritos podem ter, é necessário entender o que é “perispírito” e algumas propriedades que ele apresenta.

O perispírito é o envoltório do Espírito. É uma estrutura semimaterial, que envolve e dá forma ao Espírito. Após a morte do corpo físico, apenas este se deteriora, mas o perispírito e o Espírito permanecem.

Embora o perispírito seja semimaterial, ele não é perceptível por todas as pessoas, somente por aquelas que possuem a mediunidade mais aflorada que a maioria. Dessa forma, o perispírito pode tornar-se visível e, também, tangível (tocável).

Para que isso seja possível o Espírito desencarnado precisa saber manipular suas propriedades, assim pode fazer com que o perispírito fique visível, tangível, ou até mude a sua forma. É dessa forma (superficialmente falando), que acontecem as aparições espirituais.

Dessa forma, alem de poder ficar visível e tagível, ele pode modificar sua aparência de acordo com sua vontade.

Chegando ao plano espiritual, o Espírito após recobrar sua memória de outras vidas, pode modificar seu perispírito para obter a aparência de qualquer uma de suas experiência anterior.

Sendo assim, se o Espírito pode modificar a sua aparência através da modulação do seu Perispírito, por que ele não poderia deixar sua aparência próxima ou exatamente igual ao de um animal qualquer?

O que devemos ter em mente é: qual a finalidade que teria um Espírito de se modificar e tomar a forma de um animal?

A codificação, como sempre, retira nossas dúvidas:

Espíritos que se transformam em animais segundo o Espiritismo

Espíritos que se transformam em animais 4

Segundo o O Livro dos Médiuns (Allan Kardec), Capítulo 6, item 100, tópico 30…

Os Espíritos podem se apresentar sob a forma de animais?

— Pode ocorrer; mas não são sempre senão Espíritos muito inferiores, que tomam essas aparências. Isso não seria, em todos os casos, senão uma aparência momentânea; porque seria absurdo crer que um animal verdadeiro qualquer possa ser a encarnação de um Espírito. Os animais não são, sempre, senão animais e nenhuma outra coisa.

É importante lembrar que esses Espíritos, embora inferiores, não são tão ignorantes como costumamos classificar. Sendo alguns deles próximos a nós, sabem dos nossos medos, das nossas fraquezas. Se estamos desprotegidos, quando falhamos no hábito da oração e meditação, eles aproveitam-se de nossas fobias para nos atingir, causando pânico. E fazem isso de infinitas maneiras, inclusive modificando seu perispírito, tornando-se visíveis, tangíveis e em formas animalescas.

Veja mais:

Fontes:

O Livro dos Médiuns (Allan Kardec), Capítulo 6, item 100, tópico 30;

O Livro dos Espíritos, Capítulo IV: Introdução ao estudo da Doutrina Espírita.

 

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu