O seu hábito de reclamar está destruindo sua vida e você não está percebendo!

O seu hábito de reclamar está destruindo sua vida e você não está percebendo!

O seu hábito de reclamar está destruindo sua vida e você não está percebendo!
4.8 (95%) 12 vote[s]

O hábito de reclamar é algo que transcende o plano físico e pode se transformar num problema espiritual.

Começamos reclamando de pequenas coisas: a louça que acumulou na pia, o trânsito lento, o clima que não está agradando…

Tudo começa pequeno até que perdemos o controle e quando percebemos, se é que percebemos, já estamos na beira do abismo. Assim é como funcionam os vícios, entre eles, o hábito de reclamar.

Infelizmente a internet vem ajudando muito nesse aspecto. A internet convida mais e mais as pessoas a reclamarem… DE TUDO!

Reclamar está na moda, mais do que nunca. Já dizia o artista brasileiro Raul Seixas: “eu também vou reclamar”.

Só que um perigo muito obscuro mora nesta moda. Mas quando este hábito acaba se tornando crônico?

Tudo começa quando eu nós nos colocamos no centro da existência, tudo o que não é feito sob medida para os nossos desejos se torna algo que possamos reclamar. Resumindo… tudo começa quando começamos a nos colocar no centro do mundo.

Veja mais: Como atrair energias positivas — 10 dicas para iniciar hoje mesmo!

Cuidado! Reclamar não é a mesma coisa de buscar justiça

Uma boa dose de distinção dessas duas coisas são necessárias. Vamos dar um exemplo:

Lidar com realidades muito reais, muito preocupantes e comoventes que milhões de pessoas no mundo enfrentam todos os dias. Coisas horríveis estão acontecendo neste país e ao redor do mundo enquanto eu digito isso, e como cristãos, somos chamados a atender os feridos e os pobres e oferecer ajuda espiritual e tangível.

Essas coisas merecem verdadeiro luto e lágrimas e uma poderosa resposta de compaixão. Reclamar da vida e buscar a justiça por erros genuínos são duas coisas diferentes.

A reclamação está bem abaixo disso. Reclamações tem a ver sobre as queixas diárias que murmuramos – que muitos de nós murmuram – na regularidade de nossas vidas.

Não estamos tentando fazer com que eu ou qualquer outra pessoa se sinta culpada pelos “problemas do primeiro mundo”, porque a maioria de nós que está lendo isso nunca enfrentará fome ou genocídio.

Veja mais: Saiba como se livrar do sentimento de culpa que te perturba

Mas o que vamos enfrentar é a nossa própria vida, e como respondemos às nossas próprias vidas é importante para Deus, porque é a única vida que podemos viver.

Pessoas que reclamam demais acabam sofrendo mais e mais…

pessoas que reclamam demais 2

Você se encontra constantemente reclamando? Isso se tornou um hábito? Se assim for, relacionar-se abertamente sobre o seu problema e buscar soluções com pessoas amigas que possam te aconselhar. Assuma a responsabilidade pela reclamação, evite o tempo ocioso e aumente suas forças interiores.

Lembre-se que somos regidos por uma lei de atração magnética que atrai tudo o que alimentamos em nossos pensamentos e sentimentos.

Veja mais: Como usar a lei da atração para conseguir um relacionamento feliz e duradouro

Quando reclamamos demais, acabamos atraindo pessoas tão “reclamonas” quanto nós. Sério! Pensa comigo… Você gostaria de passar mais de 10 minutos na presença de uma pessoa que só faz reclamar da vida? Suponho que não.

Pois é… Sem querer acabamos nos transformando na imagem e semelhança das pessoas que não queríamos nos transformar. E o pior de tudo, esse processo de reclamação acontece sem que percebamos.

O hábito de reclamar não atrai somente pessoas que também só pensam em reclamar, mas também atrai mais e mais as mesmas situações que não gostamos.

Quem muito tempo gasta reclamando, não tem tempo para agradecer. Que pena… pois a energia da gratidão é esplendorosa!

Troque o hábito de reclamar pelo hábito de agradecer!

habito de reclamar espiritismo kardecista 2

A gratidão é tão poderosa que até “auxilia a reduzir o estresse, a ansiedade e a depressão. Ameniza as situações adversas, deixando-as mais leves, além de provocar o sentimento de valor ao que se tem, e menos frustração pelo que não tem” (Site: pensadoranônimo.com.br).

A gratidão permite que nossa vida seja mais leve e passamos a vivenciar com mais resiliência e sabedoria os momentos ruins.

O hábito da reclamação leva à consequências contrárias a da gratidão: ansiedade, estresse, apatia para com os outros e com a vida, mal-humor crônico, perda da fé, doenças das mais diversas… a lista é bem extensa.

Veja mais: 10 hábitos EXTREMAMENTE prejudiciais à sua vida que você deveria eliminar

Ao site Metrópolis, a terapeuta comportamental e cognitiva Thaís Petroff disse o seguinte:

É como se um copo estivesse cheio. Aí você reclama e ele esvazia até a metade. Você se irrita, ele enche de novo. Você reclama e esvazia. É vicioso. Mas, no fim, esse comportamento não muda nada. Reclamar é mais fácil do que tomar atitudes e mudar aquele relacionamento que te desagrada

E para você não ficar aí pensando que isso é coisa de “exageros espíritas”, a ciência está aí para comprovar o mal que a reclamação faz. A terapeuta citada acima continuou:

A liberação excessiva do hormônio do estresse, o cortisol, por exemplo, não faz bem para o coração e sobrecarrega o fígado. Você alimenta a raiva quando reclama e, consequentemente, libera hormônios.

Como parar com o hábito de reclamar?

como parar de reclamar 2

Fique atento nas suas emoções, perceba que tipo de situação te faz perder a tranquilidade. Podemos trocar o hábito nocivo por um hábito mais salutar.

Desenvolver o hábito da oração é sempre a melhor estratégia, pois a oração. É através da oração que nós entramos em concurso dos bons Espíritos que acorrem a sustentá-lo em suas boas resoluções e a inspirar-lhe ideias saudáveis.

Como disse o Espírito Joanes, através da psicografia do ilustrado médium Raul TeixeiraA vibração da mente que ora tem o poder de iluminar consciências, de clarear discernimentos, trazendo solução para diversos problemas de difíceis aparências. (Para uso diário, 2ª edição Fráter, 2000, página 35).

Além da oração, pode-se desenvolver o hábito da meditação, e muitos são os sites na internet que ensinam os internautas a adquirirem este maravilhoso hábito, mesmo para aqueles que nunca o tiveram.

Veja mais: 8 Dicas simples e fáceis para você eliminar as energias negativas do seu corpo

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu