Livro grátis! Esmeralda (Zíbia Gasparetto)

Livro grátis! Esmeralda (Zíbia Gasparetto)

Avalie esta postagem

Baixe o livro no final desse artigo!

Talvez você não saiba, caro leitor, mas a Zíbia Gasparetto já não participa mais da Doutrina Espírita há algumas décadas. Eu não estou falando de meses nem poucos anos, estou falando DÉCADAS. Mas do que isso importa? Nada!

Zíbia não é mais espírita, mas continua sendo espiritualista, claro, e continua seu trabalho no campo. Sendo assim, os livros dela, mesmo sem ser espírita é como se ainda fosse, pois é impossível ser espiritualista de verdade sem carregar todo o ensinamento que esse meio proporciona. Então mesmo lendo os romances de Zíbia, acredito que apenderá uma parcela boa das lições de vida que o Espiritismo tem para ensinar.

Nesse tópico irei deixar um livro bem interessante para baixar, disponível no site Ebook Espírita. Trata-se do romance Esmeralda de Zíbia Gasparetto e ditado pelo espírito de Lucius.

Sinopse do livro: Esmeralda era orgulhosa e absoluta. O mistério maravilhoso de sua dança arrancava olés e aplausos acalorados. Sempre desejada, despertava grandes paixões. Mas não amava ninguém, nem se importava com a dor dos seus apaixonados. Um dia, porém, Esmeralda encontrou um amor que arrastou consigo o seu destino. A vaidade tem um preço que o orgulho cigano sempre paga. E todas as mulheres têm um pouco de Esmeralda. Ditado pelo espírito Lucius.

Baixe o livro no final desse artigo!

Abaixo vou deixar uma opinião de uma leitora que decidiu falar sobre o livro, para que veja bem e decida ler ou deixar pra lá:


Já de início digo que o livro conquista pela capa. Não tem como passar despercebida em meio a tantos outros quando se vai até uma livraria. É muito linda!
Agora com nova edição, Esmeralda está com uma diagramação incrível. Mas moderna, atraente e bem feita. Um show! Só por isso já dá vontade de ter o livro na coleção da estante. Mas vamos logo a história, porque eu já tenho o meu, rs…
Esta é uma daquelas histórias em que os protagonistas te prendem do inicio ao fim. Com seus dramas, seus amores, sonhos, desilusões e até na vida cotidiana mesmo. Aprendemos com o livro Esmeralda, um pouco da cultura cigana, que as vezes é tão mal vista e má interpretada por alguns. Um povo cheio de vida, que ama suas raízes e sua gente. Juntos eles se tornam uma sociedade particular, com suas leis, seus deveres, suas festas (e quantas festas…). E foi em uma dessas festas, na praça de Valença em 1812, que Esmeralda, a cigana mais atraente e cobiçada de seu povo, se apaixona.
Rodopiando entre os pares que dançavam, a jovem e bela cigana parecia que tinha asas. Leve e fogosa, conquistava os homens por sua beleza morena, seus lindos olhos verdes e sua dança hipnotizante. Assim que Dom Carlos, fidalgo jovem, bonito, mulherengo e rico, a viu, se apaixonou loucamente, mesmo achando que tudo não passaria apenas de mais uma conquista (mero engano, rs). Juntos, dançaram por duas, três, quatro horas! Até que certa altura da madrugada, Carlos não mais se conteve, e a levou para um local deserto e, no campo ermo, à luz das estrelas, amaram-se loucamente.
Carlos olhou-a nos olhos sem poder falar. Jamais sentira tanta emoção por mulher alguma. Parecia-lhe vibrar a cada momento só com a proximidade dela…”
“Ela fechou os olhos, sentiu o calor de seus beijos, suas carícias, sua força e cedeu…”

“E os dois permaneceram abraçados, coração batendo descompassado frente à violência do sentimento impetuoso e forte que brotara neles…

Baixe o livro no final desse artigo!
Só depois que os primeiros raios de sol surgiram, é que ele pôde deixá-la, com a promessa de que voltaria e a seguiria para sempre com seu povo .
E conforme prometerá, Dom Carlos regressa para os braços da amada, levando poucos pertences, deixando a família pensar que ele iria a casa de amigos fidalgos passar longos dias. Vivendo em um mundo cigano, ele aprende um pouco dos seus costumes e faz amigos. Mas as diferenças culturais sempre falam mais alto, quando ainda se está preso as raízes.
Assim, Esmeralda e Carlos vivem tentando fazer com que o amor fale mais alto. Mas o destino dos dois não pode ser traçado apenas com beijos e carinhos, e precisam enfrentar as diferenças para serem livres juntos. Carlos, ciumento em demasia, quer fazer de Esmeralda senhora “fidalga” de sua vida e leva-la para viver em seu castelo. Esmeralda, mulher forte, decidida e tempestuosa, não aceita deixar sua vida livre para viver somente com o homem que ama.

“…Esmeralda é livre. Não pode obrigar Esmeralda a nada. É bom que saiba. Se quiser me perder, tente me segurar. Ninguém diz o que Esmeralda deve fazer.”

Uma história onde os acontecimentos são colocados entre passado e presente. Amor, alegria, amizade, dor, vingança, ódio, esperança. Todos os sentimentos são colocados juntos neste livro.  Carlos e Esmeralda, junto com outros personagens que surgem ao longo da história travam uma vida de escolhas. Sempre buscando a felicidade. Mas nem sempre nossas escolhas são totalmente regadas a alegrias.

No decorrer de nossos caminhos escolhidos, sempre deixamos tristezas em algum lugar, porque não podemos ter tudo ao mesmo tempo. Será que Carlos e Esmeralda, mesmo amando tanto e desejando tanto, conseguirão através de suas escolhas, encontrar forças através do amor para serem guiados juntos para a felicidade?

Uma bela história, onde nos deparamos com vários acontecimentos inesperados e surpreendentes.

E aí? Será que vale a pena investir nessa leitura? Agora só depende de você!

No computador, assim como no celular, você necessitará de um programinha chamado Adobe Reader para fazer a leitura do livro. No celular, basta pesquisar o aplicativo na Play Store.
Clique no link abaixo para baixar o livro e ler no seu próprio computador ou celular.

Clique aqui para baixar o livro em PDF: Esmeralda (Zíbia Gasparetto)

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu