Mãe pensou ter abortado filha, mas 19 anos depois ela aparece

Mãe pensou ter abortado filha, mas 19 anos depois ela aparece

Mãe pensou ter abortado filha, mas 19 anos depois ela aparece
4.8 (96.36%) 11 votes

Segundo o site de notícias BBC, em 1977, nos Estados Unidos, a mãe biológica de Melissa havia interrompido a gravidez, tomando uma solução tóxica num hospital no Estado do Iowa. A mãe tinha apenas 19 anos quando o procedimento foi feito.

Melissa foi colocada para fora do ventre de sua mãe aos 8 meses e pesando menos que 1,3Kg. Ela foi deixada junto aos dejetos hospitalares, mas uma enfermeira conseguiu ouvir seu choro e movimentos muito fracos. Daí então, foi levada às pressas para a UTI.

Contrariando todas as probabilidades, Melissa sobreviveu. Os médicos, inclusive, achavam que ela não poderia enxergar e tinha um problema cardíaco grave. Porém, é que Melissa cresceu saudável com uma família adotiva.

aborto e perdao 2
Imagem: Página do Facebook de Melissa Ohden

Melissa Ohden veio descobrir que foi fruto de uma gravidez interrompida quando, durante uma discussão, sua irmã acabou revelando que ela era adotada. Nessa época ela tinha 14 anos.

A partir disso, Melissa Ohden acabou se revoltando com a situação, o que a fez desenvolver um distúrbio alimentar e abuso de bebidas alcoólicas.

“Eu voltei minha dor contra mim mesma”, disse ela.

Ela conta que a dor dentro de si se tornou tão intensa, que aos 19 anos tomou a decisão de ir procurar sua mãe biológica. O processo para encontrar a mãe que a havia abortado durou cerca de 10 anos, mas ela conseguiu rastreá-la e ficou ainda mais chocada com o restante da história.

A mãe de Melissa Ohden jamais ficou sabendo que ela havia conseguido sobreviver ao aborto e que teria sido colocada para adoção. Tudo havia ficado em segredo. Segundo conta o site G1, sua mãe nem ao menos sabia o sexo do bebê.

Sua mãe biológica se chamava Ruth e a verdade era que ela nunca queria ter feito o aborto e, para isso foi obrigada a abortar.

Ao conhecer pessoalmente a mãe biológica, Melissa diz que era evidente o tamanho da emoção dela. Mas as surpresas dessa história ainda não haviam parado de aparecer.

A avó de Ruth, mãe da sua mãe, era uma enfermeira influente na comunidade e que a pessoa que realizava os abortos era amiga dela. Dessa forma, elas planejaram o aborto de Ruth, burlando todos os procedimentos burocráticos do hospital.

“As pessoas no hospital pensaram que tinha sido sua escolha, e ela não teve oportunidade de lutar contra isso.”, disse Melissa.

“Não tem sido fácil lidar com isso”, diz Melissa, refletindo sobre os comentários de sua avó. “Mas eu não estou brava com ela. Todos nós cometemos erros nesta vida”, acrescenta.

“Meu coração dói por ela, porque sempre me pergunto o que aconteceu em sua vida para levá-la a tomar essa decisão sobre a minha.”

Hoje em dia, Melissa Ohden se considera “a pessoa mais sortuda desse mundo”. Primeiro, por ter sobrevivido; segundo por ter pais adotivos e sua mãe biológica novamente em sua vida.

Veja mais:


Tags adicionais: historia de Melissa Ohden, melissa ohden, aborto, perdão aborto, superação e perdão, superaçao perdao, superaçao aborto

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu