Médiuns Inspirados – Todos nós somos?

Médiuns Inspirados – Todos nós somos?

Médiuns Inspirados – Todos nós somos?
5 (100%) 10 votes

Quem são os médiuns inspirados?

De acordo com o livro de Allan Kardec, O Livro dos Médiuns, somos todos “médiuns inspirados”. Todos nós somos influenciados pelos bons e maus espíritos à nossa volta.

Allan Kardec explica que a inspiração vem para todos nós, de Espíritos que influenciam, para o bem ou para o mal, em todas as circunstâncias de nossas vidas e em todas as resoluções que tomamos, e pode ser dito que, a esse respeito, todo mundo é um médium.

Não há ninguém que não tenha seus espíritos familiares, que fazem o máximo para sugerir conselhos salutares ou perniciosos àqueles com quem estão ligados; uma verdade que, se nos penetrasse devidamente em sua realidade e importância, nos levaria frequentemente a nos opor a uma resistência mais eficaz às sugestões do mal, buscando a inspiração de nosso anjo da guarda em nossos momentos de incerteza quanto ao que deveríamos dizer, ou fazer.

Nesses momentos, devemos invocar esse guardião atento com fervor e confiança, como um amigo designado providencialmente; e, se o fizéssemos, muitas vezes ficaríamos surpresos com as novas ideias que surgiriam em nossas mentes, como que por encantamento, seja pela tomada de uma decisão importante, ou pela realização de nosso trabalho especial.

Veja mais: Influência dos espíritos em nossos pensamentos e atos

allan kardec influencia dos espiritos 2

Todos nós tivemos momentos de inspiração, flashes de brilho, que fornecem algum conhecimento importante que temos procurado; Essas faíscas são causadas por espíritos que escolheram nos influenciar.

Use as gemas que nos são dadas, mas primeiro filtre a ideia através de sua consciência e instinto (veja como sua consciência e seu instinto são o acúmulo de suas vidas passadas) para determinar a validade da sugestão.

Allan Kardec prossegue dizendo que pessoas de gênio são médiuns sem estarem cientes disso. Essas pessoas têm o senso inato de chamar espíritos superiores para fornecer a assistência que procuram. Allan Kardec completa a seção sobre mídias inspiradoras com essa comunicação do mundo espiritual.

Qual é a principal causa de inspiração?

“A comunicação de seus pensamentos por um espírito”

Os médiuns inspirados estão confinados à revelação de grandes coisas?

Não; muitas vezes faz referência às circunstâncias mais comuns de sua vida diária. por exemplo, você pode ter pensado em ir a algum lugar, mas uma voz secreta lhe diz para não ir, porque há perigo no caminho; ou lhe diz para fazer algo que você não pensou em fazer; isso é inspiração.

Há muito poucas pessoas que não são mais ou menos “inspiradas” desse modo, em determinado momento.

Afinal, sou médium ou não?

Segundo alguns estudiosos da Doutrina Espírita, não é de bom tom banalizar a palavra “médium” para que uma pessoa desavisada não cometa enganos.

Embora todos possam possuir, mesmo que quase imperceptível, essa capacidade de ser influenciado pelo mundo dos espíritos, Allan Kardec diz que a palavra “médium” é mais usualmente utilizada para qualificar as pessoas que possuem maior capacidade nessa interação entre mundos, que se traduz por efeitos patentes de certa intensidade, o que depende de uma organização mais ou menos sensitiva.

O médium que possui faculdades bem mais evidentes do que o restante das pessoas é caracterizado como “médiuns ostensivos”. Estes, segundo Kardec, têm, geralmente, aptidão especial para esta ou aquela ordem de fenômenos, o que os divide em tantas variedades quantas são as espécies de manifestações.

As principais são: médiuns de efeitos físicos, médiuns sensitivos ou impressionáveis, auditivos, falantes, videntes, sonâmbulos, curadores, peneumatágrafos, escreventes ou psicógrafos.

Veja mais: Quais os tipos de mediunidade segundo o Espiritismo?

frases allan kardec autoconhecimento 2

As diferenças entre médiuns inspirados e médiuns intuitivos

A mediunidade por intuição é uma variante da mediunidade inspirada, ambas podem até se confundir, mas existe uma particularidade que as diferencia:

Nos médiuns inspirados existem algumas peculiaridades que os diferenciam em relação aos médiuns ditos “intuitivos”. Na mediunidade inspirada o indivíduo tanto no estado normal, como no de êxtase, recebe, pelo pensamento, comunicações estranhas às suas ideias que ele já traz na mente.

Veja mais: Como saber se uma pessoa tem mediunidade?

Existe, portanto, uma diferença quanto a intervenção de uma força oculta, que nos inspirados é muito menos sensível que aos intuitivos.

Dessa forma, os médiuns inspirados podem receber uma ideia vinda do plano espiritual, ou seja, dos espíritos, porém será mais difícil distinguir o pensamento próprio do que lhe é sugerido.

Essa inspiração que vem dos Espíritos nos influenciam para o bem, ou para o mal, porém pode existir uma maior frequência de ideias que nos leve para o bem e cujos conselhos muitas vezes não seguimos.

Veja mais: Os sintomas físicos de mediunidade aflorada

Tags adicionais: todos nos somos mediuns, mediuns inspirados, mediuns de inspiração, mediuns intuitivos, mediuns de intuição, mediunidade, intuição, inspiração, inspirados, todos sao mediuns, todos somos mediuns, o que é medium, medium ostensivo.

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu