Não fuja e nem se esconda! Pode ser pior!

Não fuja e nem se esconda! Pode ser pior!

Passamos por momentos difíceis e desagradáveis na vida e por mais que a gente tente resolver, nada dá certo. E aí ficamos perturbados porque tudo parece conspirar contra. Já percebeu que, por mais que tentamos falar, justificar, solucionar, aí é que aumentam as contrariedades? É interessante descobrir e compreender a origem da problemática e determinar uma forma para minimizar e até mesmo resolver a aflição desencadeada. Deus ajuda muito nos momentos das aflições e aquelas que parecem não ter mais fim, a presença Dele é consagrada.

Sempre que tiver esses dias tormentosos, não fique desencantado, ao contrário, procure esforçar diariamente e aceitar o desafio com energia. Não desista sem antes lutar. Acreditar que vai vencer é uma das primeiras etapas. A guerra não está perdida! O Espírito de Joanna de Ângelis, no livro Momentos de Saúde e de Consciência ,através de Divaldo Franco, sugere que “nesses dias sombrios que acontecem periodicamente e, ás vezes, tornam-se contínuos, vigia mais e reflexiona com cuidado”. Há problemas que ocorrem no dia a dia e logo resolvemos, mas quando estes insucessos tornam-se frequentes, intermináveis, é preciso atentar que a origem pode estar em fatores espirituais, “cujas personagens se interessam em prejudicar-te, abrindo espaços mentais e emocionais para intercâmbio nefasto contigo, de caráter obsessivo”, esclarece Joanna de Ângelis.

O problema está instalado e sempre que ficar irritado e dar vazão à depressão, mais forte será o cerco e mais infeliz também. Procure não nadar contra a correnteza, porque há mentes espirituais que te acompanham e desejam o seu fracasso. Busque o fortalecimento da alma para se equilibrar e enxergar melhor o horizonte em que está inserido. Os religiosos podem te auxiliar nestes momentos difíceis, seja ouvindo ou orientando as terapias necessárias, como por exemplo, os passes magnéticos, o trabalho caritativo e outras. Há terapeutas e médicos espíritas que também podem te ajudar . Mas, tem um mecanismo que você pode iniciar a partir de agora, que é a oração.

Orar é trazer alimento para o seu Espírito. Busque a oração, o pensamento otimista e a irrestrita confiança em Deus. Mude de direção o pensamento para não ficar vitalizando as mentes espirituais que estão à sua volta. As mentes espirituais são das almas dos que já viveram por aqui, ensina-nos o Livro dos Espíritos, codificado por Allan Kardec, em 18 de abril de 1857. A oração é o recurso mais acessível que permite a comunicação com Deus. Para Joanna de Ângelis, ” é uma ponte invisível de energias sutis, faculta a união da alma com o Genitor Divino, por cujo meio ela haure as forças e a inspiração para os cometimentos difíceis da existência”. A oração revitaliza e encoraja no enfrentamento dos problemas. Jesus disse: “Ajuda-te que o céu te ajudará”.

É interessante destacar que a partir da codificação da Doutrina Espírita conhecemos a existência do mundo espiritual e seus habitantes. Por saber que a pátria espiritual é entrelaçada com o mundo físico, cultivar bons pensamentos em todos os momentos e principalmente nos de maiores aflições é fundamental para a cura emocional. Com a prática incessante da oração acontece a conexão divina. Quando falo que as aflições poderão ser de origem espiritual, porque parecem não ter solução, digo que não são os demônios que te envolvem, mas almas de pessoas que já viveram aqui e está encontrando algum tipo de sintonia naquilo que você pensa e faz. Já pensou sobre isso?

“Os Espíritos influem sobre os nossos pensamentos e as nossas ações”, perguntou Allan Kardec aos Espíritos.  “Nesse sentido a sua influência é maior do que supondes, porque  muito frequentemente são eles que vos dirigem.

A solução está em nossas mãos e por isso a sugestão é não deixar entrar na mente e no coração a raiva, o pessimismo e outros sentimentos que, com certeza, vão dificultar a solução. Estes sentimentos ficam remoendo e ativando o desânimo, por exemplo, que levará a autoaflição, infelicidade e desprezo por si mesmo. As correntes contrárias ao bem podem estar te envolvendo. Melhore a sintonia!

FONTE: http://www.progresso.com.br/opiniao/o-problema-pode-ser-espiritual

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu