Menina de 3 anos tem QI maior que o de Albert Einstein

Menina de 3 anos tem QI maior que o de Albert Einstein

Menina de 3 anos tem QI maior que o de Albert Einstein
5 (100%) 10 votes

Quem é a pequena inglesa de 3 anos que tem o QI maior que o de Albert Einstein?

Segundo o site Mirror, Ophelia Morgan-Dew tem um QI maior que Albert Einstein e poderia ser a criança mais inteligente do Reino Unido – com apenas três anos de idade.

A jovem falou sua primeira palavra aos oito meses e rapidamente aprendeu números, cores e o alfabeto.

Ela pode até se lembrar de coisas que aconteceram desde antes do primeiro ano de vida – a maioria dos adultos não tem lembranças antes dos três anos de idade.

Depois de perceber que sua filha era brilhante, a mãe de Ophelia a levou para especialistas, que lhe deram um QI de impressionantes 171.

Isso é 11 pontos mais alto do que o gênio nascido na Alemanha e ganhador do Prêmio Nobel Einstein, o físico teórico que desenvolveu a teoria da relatividade.

A pontuação de Ofélia também é maior que a de Arnav Sharma, de 11 anos, de 162pontos, e Rahul Doshi, de 12 anos, de 162 pontos, que já foram aclamados como os garotos mais inteligentes da Grã-Bretanha.

O que mudou para Ophelia Morgan-Dew depois da descoberta do seu QI?

De acordo com o Terra, Ophelia é agora o membro mais jovem da Mensa, sociedade que reúne pessoas de alto QI.

Dizem que ela tem a capacidade intelectual de uma criança ter mais que o dobro de sua idade.

Incrivelmente, ela está no top 0,03% da população em termos de poder do cérebro.

Orgulhosa, a mãe disse que a primeira palavra de sua filha tinha duas sílabas.

A mãe também disse: “Ela adora ler livros comigo ou com o pai, e adora trabalhos numéricos, cartas e o computador.

“Ela é uma criança bastante ativa, sempre gosta de fazer algo e é muito espirituosa.

“Ela adora brincar com os primos e ir ao parque.

“Ofélia é uma garota tão linda e eu ficaria orgulhoso dela, não importa o que ela conseguisse, contanto que ela fosse saudável e feliz.”

Qual a visão espírita sobre crianças superdotadas?

André Luiz Ruiz — A Doutrina Espírita trabalha com essas questões dentro de um caráter bastante normal. Ela apresenta inúmeras circunstâncias: as posturas de ideias inatas de conteúdos já aprendidos, em vidas anteriores, se manifestam eventualmente, nesta faixa de infância, que podem espantar as pessoas.

Isso não é novidade, não é de agora. Essa condição de precocidade, ela vem ao longo da história espantando as pessoas e fazendo muita gente ficar famosa, inclusive, nesses períodos infantis, nós temos um caso clássico que é conhecido como o de Mozart, que bem cedo já compunha… compôs sinfonias, concertos, com seis anos, e foi uma criança prodígio na história da música.

Isso é bastante e reconhecido, agora nós vamos encontrar também essa precocidade em muitas outras áreas na Doutrina Espírita. Nós temos a lei de progresso.

E o progresso, quando nós vamos estudar, ele se refere a progresso intelectual, que é necessário vir primeiro para que dele decorra o progresso moral, e nem sempre os dois caminham juntos.

Então, é o ser que já progrediu e que vai renascer, ele carrega consigo tudo conjunto de ensinamentos que ele acumulou. Estas orientações estão muito bem definidas no O Livro dos Espíritos, nas questões 194, 218, 219.

Elas tratam dessa temática falando que o espírito não perde nada daquilo que ele já aprendeu e, eventualmente, quando vai tomar um novo corpo, daquele ponto para frente, ele tem familiaridade com aquilo que ele já viveu antes.

Então, o que é medicina chama de super crianças superdotadas e seres bastante diferenciados, é apenas a manifestação, na visão espírita, daquilo que a regra das leis espirituais estabelece.

Nós todos temos condições de herdar de nós mesmos o conteúdo de aprendizados, de maturidade que nós já desenvolvemos.

Toda criança superdotada é evoluída espiritualmente?

André Luiz Ruiz — Agora, naturalmente, que nem sempre a questão de ser superdotado significa ser evoluído como espírito.

Existem, e os próprios espíritos assinalam essa questão, espíritos que são muito inteligentes e que são maus.

Há uma confusão na mente das pessoas quando tratam dessas questões. Isso está bem explicado também nas obras básicas da Doutrina Espírita, na lei de progresso, isso vem bem assinalado.

Porque primeiro eles precisam desenvolver a inteligência, o processo do desenvolvimento do progresso nasce exatamente nesta nesta lucidez, que vai permitir que ao ao caminhar ele descubra as leis morais ele descubra o bem e o mal para entender os efeitos.

Mas enquanto a inteligência não está madura para entender isto, ele preferirá aquilo que é fácil, aquilo que é gostoso, aquilo que dá que lhe dá bastante prazer em detrimento dos demais.

Então, a Doutrina Espírita, ela ainda que reconheça que a ciência tem andado e usando essa terminologia [Crianças Superdotadas], trata desse seres que hoje tem muitas facilidades que tem muitas muitas noções que são assimilados com rapidez…. na Doutrina Espírita, isso já vem sendo tratado há muito tempo com as terminologias próprias para a abordagem deste assunto.

Veja mais:

Tags adicionais: espirititsmo superdotados, teste de qi, qi, superdotado, crianças superdotadas, teste de qi einstein, criancas inteligentes, inteligencia e espiritismo, inteligencia espiritismo, crianças inteligentes espiritismo, espiritismo, caracteristicas de pessoas com qi elevado, inteligência acima da média, superdotação e altas habilidades.

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu