Os espíritos se preocupam com pequenos detalhes: Você está sendo filmado!

Os espíritos se preocupam com pequenos detalhes: Você está sendo filmado!

A maioria das pessoas antes de descobrir a Doutrina do Espírita, possivelmente pode pensar que os espíritos são entidades distantes das pessoas aqui da terra. Olhando para nós em uma base de comando, lá do alto dos céus para verificar o nosso progresso insignificante, sem dar tanta atenção aos detalhes.

Triste engano! Nada poderia estar mais longe da verdade. Somos vistos, rastreados, medidos, analisados, liderados e reunidos em situações em que pensávamos serem nossas decisões ou seja, pensávamos que sempre tomamos nossas próprias decisões e ninguém poderia interferir nisso.

Mas a literatura espírita vem dizer exatamente o contrário, bem lá no O Livro dos Espíritos, quando os espíritos dizem a Kardec que a frequência em que a nossa vida diária normal é manipulada pelo mundo espiritual é muito maior do que se supõe. Tudo isso através dos nossos pensamentos. E quando um pensamento torna-se firme, muito provavelmente torana-se uma ação.

Nenhum detalhe é muito pequeno para passar despercebido. Eles sabem tudo!

Mas quem são eles? Eles são espíritos que vem nos acompanhando há muito tempo, geralmente desde o nosso nascimento. Desde entes queridos que já desencarnaram, mas principalmente nosso anjo guardião, ou se você preferir chamar de Mentor Espiritial.

Porém não somente estes bons espíritos nos acompanham, nos conhecem bem e nos influenciam. Há também os espíritos devotados à escuridão, são eles os nossos obsessores, que talvez ainda nem chegamos a conhecer fisicamente na encarnação presente, pois a desavença tenha ocorrido em situações de vidas passadas.

 

Sendo assim, podem nos influenciar facilmente se quiserem, pois assim como nosso anjo guardião, conhecem nossos desejos, fraquezas, etc. Mas somente se nossa vibração desconcertada permitir.

Aqui, justamente nesse ponto é que entra em cheque duas coisas fundamentais: o Poder do Pensamento e a Reforma Interna.

O poder do pensamento é essencial para que consigamos mudar de faixa vibracional e dessa forma manipular nossa própria energia mental. Mas não vamos ser hipócritas, ne?

Quem consegue manter bons pensamentos 24 horas por dia, 7 dias por semana? Ninguém!

Mas é importante que mantenhamos vigilantes para não alimentarmos os maus pensamentos e as más vibrações, pois ao alimentar é que abrimos as brechas para a ação dos espíritos malfeitores, que sabe lá como vão tirar proveito disso.

Nesse sentido, para que possamos manter um bom nível de pensamentos adequados ao longo da nossa jornada precisamos da tão falada Reforma Interna.

Quando nos esforçamos para mudar nossas más tendências e enfim conseguimos nos livrar daqueles maus hábitos, naturalmente conseguimos cultivar melhores pensamentos, pois segundo uma teoria que carrego comigo:

Quem pensa coisas boas, faz coisas boas; e quem faz coisas boas, naturalmente é porque pensa coisas boas. — Ou eu estou errado?

Veja também: COMO É A VIDA DE UM ESPÍRITO SEM RUMO QUE VAGA ENTRE NÓS?

pensamento

Veja também: 

Você já tentou cozinhar num dia em que você estava alimentando sentimentos de raiva ou desprezo? Você por acaso lembra se no final da tarefa o sabor da comida saiu bom ou pelo menos do jeito quando você cozinha se sentindo bem? Acredito que não.

Nossos pensamentos interferem nas nossas ações, assim como nossas ações interferem nos pensamentos. Foi isso que eu quis dizer com minha teoria descrita acima.

Portanto, os espíritos tanto os de luz, quanto os das trevas, vigiam nossos mínimos pensamentos e ações, pois é através das brechas que abrimos para eles, que conseguem ampliar aquela energia que está brotando no momento.

Os espíritos de luz, quando fazemos algum ato de caridade, se aproximam de nós a fim de nos incentivar a sempre nos manter nesse caminho. Pelo contrário, quando fizermos ou pensarmos algo nada proveitoso, seremos assediados sem dó por aqueles que só esperam nossos tropeços.

Tropeçar é humano e, sendo nossa natureza imperfeita, pelo menos que nos levantemos depressa e roguemos aos céus nossos pedidos de desculpas.

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu