Premonição e Espiritismo — sonhos premonitorios e mediunidade

Premonição e Espiritismo — sonhos premonitorios e mediunidade

Premonição e Espiritismo — sonhos premonitorios e mediunidade
4.9 (97.14%) 7 votes

Sim! Premonição Existe. E neste artigo abordaremos relacionaremos os temas premonição e Espiritismo. Além disso, falaremos sobre a relação dos sonhos premonitórios e a mediunidade.

O que significa premonição?

Segundo o nosso dicionário, o significado de premonição é o mesmo que uma sensação, um pensamento, sonho, visão etc. do que está para ocorrer; ou seja, um pressentimento, palpite, intuição ou previsão.

Por todos os lados somos bombardeados de referências pouco satisfatórias sobre o funcionamento da premonição, seja em filmes hollywoodianos, novelas e séries de TV; uma infinidade.

Tais referências representam até que verdadeiramente o que as pessoas sentem: pessoas acordando assustadas, insigths mentais repentinos, uma onda de calafrios seguido por visões de um futuro próximo etc.

Eis que é necessário as elucidações do Espiritismo para que tais fenômenos sejam explicados, desmistificando e derrubando boatos ou teorizações infantilizadas do mecanismo.

Premonição e Espiritismo — O dom da premonição

premonição espiritismo o dom da premonição 2

O que é premonição no entendimento da espiritualidade

Há quem considere a premonição ser um dom, há quem discorde muito disso.

Nem sempre a premonição do futuro está diretamente ligada à mediunidade ostensiva, aquela em que precisamos desenvolver, pois premonições todos podemos ter durante nossa vida.

Mas ao contrário disso, quando as premonições tem uma frequência muito grande, e é acompanhada de visões nítidas de espíritos que anunciam um evento, daí já indicamos um acompanhamento mais de perto em alguma equipe de trabalhos espirituais, seja em um centro espírita ou em algum outro lugar que trabalhe sério com a mediunidade.

Todos nós ouvimos histórias em que uma pessoa acorda e anuncia que um parente próximo acabou de morrer. Então, de manhã, descobrem que é verdade.

Sonhos premonitórios e mediunidade

sonhos premonitorios e mediunidade 2

No livro, Nos Domínios da Mediunidade, por Francisco (Chico) C. Xavier, nosso amado espírito, André Luiz, foi testemunha em um leito de morte de uma mulher idosa, chamada Elisa.

Só depois que ela estava lúcida o suficiente para dizer adeus a sua família, Elisa partiu, através da volitação (movimento de transporte pelo poder do pensamento) para a casa de sua irmã em outra cidade.

André Luiz e seu mentor a seguem e descobrem o que acontece depois:

“No meio da noite, ficamos ao lado dela em um quarto mal iluminado, em que uma venerável senhora idosa dormia pacificamente.

‘Matilde! Matilde!

Elisa tentou despertá-la com pressa, mas não conseguiu. Consciente de que ela tinha apenas alguns momentos, ela bateu na cama da irmã. Matilde acordou abruptamente, sentindo imediatamente a influência de sua irmã.

Distraído, Dona Elisa começou a falar com ela. Dona Matilde não a ouviu com seus ouvidos físicos, mas com seu cérebro, através de ondas mentais, como se fosse sob a forma de pensamentos flutuando em sua cabeça, pois essa é a forma de comunicação primordial dos espíritos, o pensamento.

Ela se sentou ansiosa e disse a si mesma: “Elisa está morta”.

A partir daí podemos dizer que Matilde teve uma sensação de premonição ou também chamada de sensação premonitória.

mediunidade sonhos premonitorios 2

Indicando as duas irmãs, o mentor explicou:

“Este é um dos tipos habituais de comunicação nos casos de morte. Devido a tais ocorrências repetidas, os cientistas do mundo foram forçados a examiná-los.

Alguns atribuem os fenômenos às transmissões telepáticas, enquanto outros as vêem como um “fenômeno da monitoria” (uma sensação de perigo).”

Mas a Doutrina Espírita os reduz a todos à pura e simples verdade de ser a comunhão direta entre as almas imortais.”

Outra forma em que o fenômeno pode acontecer, é quando os bons espíritos vêm anunciar alguma coisa através dos nossos sonhos. Fenômeno que alguns preferem chamar de sonhos premonitórios.

O Espiritismo simplifica muitos fenômenos, que para os leigos são tidos como “maravilhosos” ou “paranormais”. Segundo o Espiritismo o “paranormal” não existe, pois todos esses fenômenos são naturais e perfeitamente explicáveis.

Estamos sendo treinados para a vida como um espírito, onde não existe um governador para conter-nos. Até que possamos passar no curso para controlar as ondas emanantes do nosso cérebro, não há escapatória deste planeta.

O aprenda mais sobre o mundo espiritual lendo esta magnífica obra de Chico Xavier, chamada Nos Domínios da Mediunidade, ditada pelo espírito de André Luiz.

nos dominios da mediunidade 2

Veja mais:

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu