Suposta psicografia do menino João Hélio que circula na internet desde 2008 é falsa

Suposta psicografia do menino João Hélio que circula na internet desde 2008 é falsa

Suposta psicografia do menino João Hélio que circula na internet desde 2008 é falsa
5 (100%) 10 votes

A suposta psicografia do menino João Hélio que circula na internet há anos tem informações controversas e tendenciosas

Desde meados de 2008, ainda nos tempos do Orkut, circula na internet uma suposta carta psicografada do menino João Hélio. Dez anos após o aparecimento desse material (e da decadência do Orkut), a suposta psicografia ainda é compartilhada frequentemente nas redes sociais, especialmente em grupos de Facebook que juntam adeptos e simpatizantes da Doutrina Espírita.

Antes de retomarmos o tema da suposta psicografia, relembremos o caso:

O caso do menino João Hélio teve repercussão nacional e até hoje é considerado um dos crimes mais bárbaros já cometidos que chocaram o Brasil.

Tudo ocorreu quando, segundo as notícias do G1, a mãe de João Hélio foi abordada por assaltantes, ela pediu a ele e outro filho para soltar os cintos de segurança. Mas João Hélio ficou preso pelo cinto abdominal. Quando ela tentou retirá-lo do carro, um dos bandidos bateu a porta, e os criminosos arrancaram com a criança pendurada.

De acordo com o Extra, o menino João Hélio Fernandes foi arrastado, pendurado do lado de fora do carro, pelas ruas de quatro bairros da Zona Norte, na noite de 7 de fevereiro de 2007.

Foi a partir de 2008 que uma suposta psicografia começou a ser amplamente divulgada. A mesma tinha um conteúdo bem pesado, com falhas notáveis. O problema é que os internautas não se atentaram aos detalhes, proporcionando a “viralização” do material.

Como se não fosse o bastante, um vídeo surgiu na internet, uma montagem que mescla um trecho da entrevista dos pais do menino ao programa Mais Você, da Rede Globo, apresentado por Ana Maria Braga, ao texto da suposta carta psicografada. Talvez o aparecimento dessa vídeo-montagem tenha reforçado a ideia de que a carta era real, mas não era!

Veja mais: Deus te Abençoa – Psicografia de Chico Xavier

pai do menino joao helio programa mais voce 2

Pelo que apontam informações mais confiáveis, os pais de João Hélio já tiveram oportunidades de receber psicografias do filho, mas pelo que tudo indica, não foram divulgadas ao público nem na internet, ou TV.


O que diz a falsa psicografia atribuída ao menino João Hélio?

Nasci na Gália no ano de 22 e desencarnei na Líbia no ano 20 da Era Cristã.

Fui Oficial da Legião dos Leões que estava na Líbia, Núbia. Como Governador de Al Katrim, me comprazia atrelar na minha biga puxada por dois cavalos velozes, crianças; homens; mulheres; novos; velhos e eram puxados através da estrada seca e pedregosa daquela região da África. Os corpos se despedaçavam e eu era exaltado pelos meus pares…  

Morri em combate com tropas Egípcias e me deparei em uma região de treva profunda, talvez uma caverna. Muitos gritos e rostos aterradores me esperavam. Fui levado a um estado de total animalidade por mil e quinhentos anos, quando os servos de Maria me resgataram.  

Sendo levado a outro plano, fui aos poucos tendo o meu periespírito reajustado, minha mente normalizada e meus pensamentos corrigidos. E compreendi os horrores que cometi. Que tristeza Deus. Por 300 anos permaneci em preparo para reencarnação e pedia a graça de receber para desencarne o mesmo destino dado por mim a outros. No ano do Senhor de 2001, após busca incessante por quem me recebesse por filho, um casal, tiranizado por mim, aceitou.  

Reencarnei.  

Agora em comoção generalizada, como o irmão Joãozinho, desencarnei e agradeço ao Pai ter me atendido dando destino, nem igual ao que dei as minhas vítimas. Estou em paz, estou na luz. Resgatei um pouco do meu passado, outros momentos virão. Confio em Deus.  

Titus Aelius 


Veja mais: Psicografia — Diretor da Chapecoense relata socorro espiritual após tragédia

O médium psicógrafo Fernando Ben já psicografou cartas do menino João Hélio e afirma: “Ele nunca fez alusão a esta vida”

medium fernando ben psicografia 2

Anos depois, em 4 de fevereiro de 2016, o médium psicógrafo Fernando Ben, que diz ser amigo dos pais de João Hélio, se pronunciou na sua página do Facebook, negou a veracidade daquele material (psicografia e vídeo), dizendo:

Gostaria de expressar meu depoimento sobre este vídeo que estão divulgando na internet sobre o caso do menino “João Hélio”.

Me permitam dividir em tópicos para facilitar a organização das situações que ocorrem neste vídeo:

– Primeiro) O vídeo real não tem a leitura desta carta. Ele foi editado. A entrevista com a querida Ana Maria Braga e o pai do Joãozinho não tem esta leitura, incluíram para gerar views (visualizações). Trata-se de uma montagem para atrair curiosos e pessoas que não se interessam em avaliar os fatos em sua origem.

– Segundo) Sou amigo e tenho o maior respeito pelos pais do Joãozinho. O seu Elson e a dona Rosa. Inclusive, já pude psicografar em sua casa no Méier e em uma reunião organizada pelo grupo que tanto respeito o Amor Além da Vida.

Já recebi uma mensagem deste espírito e outros médiuns sérios também o fizeram. E em todos os que receberam carta deste espírito já consciente e em paz, tem uma mesma percepção. Ele nunca fez alusão a esta vida onde maltratava pessoas nas bigas. É um texto de mal gosto e tendencioso. Que expõe não só o joãozinho, como toda sua família. Sempre me pergunto:

– Se fosse o seu filho, você gostaria que fizessem isso?

– Terceiro) O estudo do espiritismo se faz necessário, para avaliarmos com respeito e lógica todos os fatos. Em todas as cartas que recebi, sempre contém o nome dos pais, dos irmãos, ou cpf, ou identidade, etc. E neste suposto texto psicografado, não tem nada que identifique o espírito. Assim como foi divulgada uma carta atribuída ao espírito de Cássia Eller, dizendo que ela estava no umbral. Mas, não citou o nome do filho, da esposa, de ninguém.

Sendo assim, pela própria lei dos homens, a família não autoriza. E este ato irresponsável por parte de quem editou este vídeo, no mínimo denigre todos os médiuns sérios que trabalham para consolar e nunca para expor ou humilhar as pessoas.

[…] Se possível, com todo amor e respeito do meu coração, não divulguem o que não é verdadeiro. Nem falo só da mensagem, mas, do vídeo em si. Que é falso e foi editado a parte da leitura da carta. No mais, quem for responsável e prudente, procure o grupo Amor Além da Vida para tirar suas dúvidas. É o grupo que os pais do menino João Hélio fundaram e podem esclarecer melhor.

Existem alguns outros blogs na internet que nos ajudam a identificar outros erros grosseiros na mensagem, assim como apontar outros fatos que permitem apontar as divergências das informações, como o fato da mensagem ter sido “psicografada” no Centro Espírita Léon Denis.

Direção do Centro Espírita León Denis nega que a autoria da suposta carta psicografada do menino João Hélio

Na época, em nota, o Centro Espírita León Denis também rebateu à sua ligação com o material:

À Comunidade de Internautas 

A Direção do Centro Espírita Léon Denis, diante dos fatos que apontam para uma relação do menino João Hélio e seus familiares com a Instituição aqui referida, vem esclarecer o que se segue:

1) O menino e seus familiares foram efetivamente atendidos pelo CELD, dentro do processo dos passes de cura a ele prescritos, objetivando atender à criança em seu quadro emocional por, aproximadamente dois anos; 

2) Após o infausto desenlace do mesmo, seus pais vêm mantendo distância física de nossa Casa buscando naturalmente seu equilíbrio emocional, até que possam dedicar-se a uma prática religiosa, em qualquer templo, segundo suas convicções; 

3) Em momento algum, nenhum membro do corpo mediúnico, do CELD, recebeu e fez veicular qualquer mensagem que fale sobre o espírito João Hélio ou a ele mesmo atribuída a autoria, direcionando a seus familiares ou a quem quer que seja. 

A disciplina mediúnica existente em nossa Casa Espírita e o respeito que temos pelos ensinamentos da Doutrina Espírita impedem que se tenha atitudes levianas explorando a dor de uma família e a emoção ferida de uma sociedade. 

Assim solicitamos: 

  • SEJAM CONSIDERADAS INVERÍDICAS as mensagens veiculadas pela Internet, no que tange ao acontecimento “João Hélio” e atribuída a origem das mesmas ao C.E. Léon Denis.
  • Outrossim, caso isso venha algum dia a acontecer, SOMENTE COM A AUTORIZAÇÃO DE SEUS FAMILIARES SERÁ TRAZIDA A PÚBLICO QUALQUER NOTÍCIA SOBRE ESSE ESPÍRITO, para quem rogamos a todos envolver em preces de apoio e paz.

Buscando ter trazido à sociedade os esclarecimentos precisos, solicitamos a todos de bom coração envolverem os sofredores em suas orações, trazendo às almas o clima de paz de que tanto necessitamos. 

Pela Direção do CELD, 

Iara Cordeiro

Veja mais: Psicografia de Chico Xavier – Cresçamos para o bem

Tags adicionais: carta psicografada joao helio, menino joao helio, carta joao helio, caso joao helio, carta psicografada de joao helio é falsa, carta psicografada falsa, joao helio espiritismo.

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu