Psicografia de um desencarnado que vagava perto do cemitério, em Jaú/SP

Psicografia de um desencarnado que vagava perto do cemitério, em Jaú/SP

Psicografia de um desencarnado que vagava perto do cemitério, em Jaú/SP
4.4 (88%) 20 votes

A psicografia a seguir foi obtida através dos trabalhos de socorro espiritual, que ocorrem no Grupo Socorrista Obreiros do Senhor Jerônimo Mendonça Ribeiro. Sempre que podem, a equipe posta algumas destas psicografias na sua página do Facebook.

PSICOGRAFIA DO IRMÃO “ADRIANO”, DE JAÚ-SP., DESENCARNADO HÁ 13 ANOS, VAGANDO PELA AVENIDA, NAS PROXIMIDADES DO CEMITÉRIO, PEDINDO AJUDA A UMA DAS MÉDIUNS, QUE AINDA ESTÁ EM DESENVOLVIMENTO, SOCORRIDO NOS TRABALHOS DA ÚLTIMA SEXTA-FEIRA 13/10/2017.

– Eu vou bater nela, viu, ela vai apanhar de mim, eu fico perto dela, falo no ouvido dela, grito, peço ajuda e ela finge que não me ouve. Me ignora completamente. Aí, depois, se sente mal, chora, fica ruim, mas porque ela não atende o que eu peço? Não é ela que tem luz? Sempre eu escutava: “vai pra perto da luz”. Eu vou, chego lá e aí ela me ignora? Não pode ser isso, tem que fazer alguma coisa. (1)

Sabe, eu tenho certeza que ela escuta, porque eu falo muito alto, fico o tempo todo falando. Se fico triste, ela fica triste, se choro, ela chora, então eu não entendo porque ela não me ajuda. (2)

– Eles disseram que a paciência é uma virtude, que ela está se preparando para ajudar a mim e ajudar a muitos outros que necessitam. É pra agradecer a essa irmãzinha, que apesar de eu não perceber, já me ajudou sim, porque foi ela quem me trouxe. (3)

– De lá da avenida? Não, eu não estava no cemitério, não estou morto, eu estava só de passagem por lá. (4)

– Eles disseram que eu não estou morto mesmo, que a morte não existe, que agora vou seguir para melhorar e que para onde vou, todos vão poder me ouvir e me ajudar.

– Muito bom isso, não? Eles trabalham com isso? São psicólogos, porque eu tenho tantas coisas pra contar, tantas coisas pra perguntar, que bom.

– Eles disseram que trabalham sim com isso, ouvindo os irmãos, que tudo ficará bem, que pra seguir, é só agradecer a Deus.

– Graças a Deus, obrigado pra moça, eu já vou.

Adriano.

Explicação dos médiuns responsáveis:

“De Jaú, desencarnado há 13 anos. Vagando pela avenida, nas proximidades do cemitério, pedindo ajuda a uma das médiuns, que ainda está em desenvolvimento. Foi socorrido, Graças a Deus”.

(1) Explicação nossa: “Essa querida Irmã Médium, ainda em Desenvolvimento, com sua imensa Luz, ajuda Socorrer milhares de Irmãos Desencarnados. Pela sua atividade material, visita muito o cemitério, velórios, famílias que perderam seus Entes Queridos. Pela sua Mediunidade de Efeitos Físicos, acaba trazendo-os aos Trabalhos Mediúnicos da Mesa da Caridade, especialmente os que tem “Merecimento”, onde são Socorridos”.

(2) “Sintonia Espiritual, por isso os Médiuns devem diariamente ficar no Programa de Vigiar e Orar, além de Evangelho no Lar e Trabalho na Mesa da Caridade”.

Veja mais:

(3) “Mesmo Ela não conseguindo dar “Passagem”, por estar em “Desenvolvimento” ainda, acaba prestando enormes serviços de Socorro, pela quantidade de Irmãos Desencarnados que traz aos Trabalhos”.

(4) “Infelizmente, a maioria de Irmãos Desencarnados, não tem noção que já deixaram o Corpo Físico, ficam vagando em busca de Socorro, ou realizando tudo que faziam quando Encarnados”.

Fonte: Equipe da página Grupo Socorrista Obreiros do Senhor Jerônimo Mendonça Ribeiro.

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu