Psicografia de um jovem filho pedindo para mãe não tirar a própria vida

Psicografia de um jovem filho pedindo para mãe não tirar a própria vida

Psicografia de um jovem filho pedindo para mãe não tirar a própria vida
4.6 (92.94%) 17 vote[s]

O responsável pela sessão da psicografia foi o médium Orlando Noronha. Nosso blog não tem nenhuma ligação com o médium. Somos apenas um site na internet que divulga o trabalho devido sua importância.

Início da comunicação:

Mainha e Voinha Cristina. Está eu aqui para não dar sossego.

Eu voltei mainha, eu voltei para você. Eu queria voltar, mainha, sem tanta preocupação. O vovô João Rodolfo e a vovó Maria José me ajudam para que eu não escreva com tanta ansiedade, pois sou o filho “pingado” na alta tensão de sempre.

Estou sim, muito preocupado com você, pois não posso pensar que mainha está pensando em desistir, em não aguentar tanta saudade do seu filho.

Veja mais: Chico Xavier explica porque o caso de jovem deficiente era tão grave

Acaso, os três cães em casa, não deixam de ser minha lembranca com você em casa?

Vejo o choro do tio Romoaldo, do tio Cláudio e da tia Manú em casa. Eu respeito, sim, a dor de vocês, mas não posso ver ninguém detonado.

O vovô João disse que não podemos pôr qualquer culpa no atendimento dos médicos. O transplante do rim seguiu tudo certo, mas eu já toquei neste papo.

Mas eu peço tanto que vocês entendam que a vida só está sob o controle muito maior. Eu tive que passar pelo procedimento. Era o recurso final, mas não foi feito nada errado.

Veja mais: Mãe recebe psicografia de filho que desencarnou por causa de Leucemia: “Descansei da luta”

E hoje, depois de outro contato, posso dizer que o que aconteceu tem uma ligação com uma situação que eu vivi, no passado, em outra vida.

Hoje, posso dizer isto: está tudo limpo para mim! E para isso, peço a você mainha, que não pense em deixar a vida pelas suas próprias mãos.

Não é por aí mainha, pelo amor de Deus! Tem tantas crianças precisando de nossas mãos, porque você pode, em meu nome, adotar outras crianças como seus filhos espirituais.

Peso que você não vai mais entrar nessa de bobear, com pensamentos de suicídio. Quero ver, mainha, você chegar aqui do jeito certo.

Veja mais: Filho fala sobre manias e detalhes em carta psicografada e a mãe confirma

E para isso eu lhe peço ouvir minhas palavras, aqui, nessas páginas que lhe entrego.

Eu informo que não estou longe de casa, pois quando me é possível, eu vou vê-la.

Estou bem, forte, estudando e aprendendo. Sinta o meu abraço, como eu lhe trago o meu coração aqui nessas folhas.

Veja mais: Querida, Eu Quero o Divórcio! – Uma história emocionante

O tempo é controlado, mas quero ver minha mainha fortalecida na fé para continuar no seu corpo com entusiasmo e ânimo.

Bota a fé no pé e vai, mainha! Força na estrada da vida!

Só consegui vir aqui de novo por causa da sua condição, assim, fragilizada.

Confio em você de que quando vier pensamentos ruins, irá lembrar do seu filho pedindo que cure a saudade com ajuda aos órfãos da vida que precisam do nosso dengo.

Com muito carinho,

O filho Robert Ryan Ferreira da Silva.

Veja mais: Psicografia de um pai para acalmar uma solidão que não passa – Pelo médium Fernando Ben

Gostou? Então COMPARTILHE!

Hugo Gimenez

Hugo Gimenez é o editor do blog O Estudante Espírita. Fisioterapeuta formado na Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), começou suas primeiras leituras da Doutrina Espírita com 15 anos de idade. Hoje em dia, se interessa não só por literaturas próprias do Espiritismo, mas também por assuntos de espiritualidade em geral.
Fechar Menu