Psicografias espíritas recentes #4 – Vício e sofrimento após o desencarne

Psicografias espíritas recentes #4 – Vício e sofrimento após o desencarne

Psicografias espíritas recentes #4 – Vício e sofrimento após o desencarne
5 (100%) 5 votes

Psicografia espírita recente (2017), que reforça a visão espírita sobre o vício de fumar e suas consequências após o desencarne

Nota de Esclarecimento: A responsabilidade pela comunicação obtida através dessa psicografia é do Grupo de Socorrista Obreiros  do Senhor Jerônimo Mendonça Ribeiro.

Os médiuns da casa frenquentemente recolhem psicografias de desencarnados ainda no estado de perturbação, ou seja, no momento em que está ocorrendo o resgate espiritual daquelas entidades.

Dessa forma o médium psicógrafo com auxílio dos mentores da casa recolhem informações sobre o estado em que aqueles espíritos sofredores estavam passando.

PSICOGRAFIA DO IRMÃO “LUIZ”, DE JAÚ-SP, DESENCARNADO HÁ 18 ANOS LEVADO PELO VÍCIO DO CIGARRO E DA BEBIDA, CONTINUOU DOENTE SEM SABER QUE DEIXOU O CORPO, SOCORRIDO NOS TRABALHOS MEDIÚNICOS DA NOITE DE SEGUNDA-FEIRA 20/03/2017.

Eu tusso e vomito, é só isso que eu faço, tusso e vomito, que será de mim, nem água eu posso tomar. Não que aqui tivesse (água), mas se tivesse, nem assim conseguiria tomar, porque só vomito.

Não sei porque estou assim, acho que era de ressaca, de bebida, de cigarro. Acho que era, porque o médico falou que eu tinha um negócio no fígado, que ele tinha que fazer outros exames, mas não fazia na cidade, que eu tinha que ir fazer em outro lugar.

Mas desde aqueles dias, eu só tossia e vomitava, não parou até agora, e o exame, nunca fiz, que será que aconteceu?

Achei por aqui por perto, pelo chão, um mato seco, amargo, que estou mastigando, desde que estou aqui, mas não melhora nada.

Será que de vocês aí, alguém pode me ajudar? Eu preciso sarar, já faz dias que estou assim, sem comer, sem beber, com ânsia de vômito, tossindo.

Eles disseram que chegou a minha hora, que serei socorrido e tratado para prosseguir na minha jornada. Graças a Deus.

Luiz.

Esclarecimentos do blog sobre as falas do desencarnado:

psicografias espiritas recentes vicio em fumar 2

Na questão 257 de O Livro dos Espíritos, Kardec comenta sobre o sofrimento que passam os espíritos que desencarnam, mas continuam com seus apegos materiais ou à vestimenta carnal:

Não vemos todos os dias a recordação ou a apreensão de um mal físico produzirem o efeito desse mal, como se real fora? Não as vemos até causar a morte? Toda gente sabe que aqueles a quem se amputou um membro costumam sentir dor no membro que lhes falta. Certo que aí não está a sede, ou, sequer, o ponto de partida da dor. O que há, apenas, é que o cérebro guardou desta a impressão. Lícito, portanto, será admitir-se que coisa análoga ocorra nos sofrimentos do Espírito após a morte.

O que a passagem quer dizer é que uma pessoa que teve o membro amputado costuma sentir sensações, como se a perna ou o braço ainda estivesse lá. Da mesma forma pode ocorrer com o Espírito que cuidou mal de sua vestimenta carnal durante a vida na Terra: ele guarda informações do corpo material no seu perispírito, que sofre com as mesmas sensações do tempo em que era vivo.

Isso não é um castigo divino, mas uma colheita daquilo que o indivíduo mesmo plantou em vida.

(…) durante os primeiros minutos depois da desencarnação, o Espírito não encontra explicação para a situação em que se acha. Crê não estar morto, por isso que se sente vivo; vê a um lado o corpo, sabe que lhe pertence, mas não compreende que esteja separado dele. Essa situação dura enquanto haja qualquer ligação entre o corpo e o perispírito.

Disse-nos, certa vez, um suicida: “Não, não estou morto.” E acrescentava: No entanto, sinto os vermes a me roerem. Ora, indubitavelmente, os vermes não lhe roíam o perispírito e ainda menos o Espírito; roíam-lhe apenas o corpo. Como, porém, não era completa a separação do corpo e do perispírito, uma espécie de repercussão moral se produzia, transmitindo ao Espírito o que estava ocorrendo no corpo. 

Mais uma vez, fica registrado que a ignorância das Leis Divinas pode trazer prejuízos à vida na carne, mas também ao desencarne. Muitos espíritos não reconhecem a sua condição de desencarnado, podendo passar muito tempo nessa condição.

Veja mais:

Tags adicionais: vicio e desencarne, vicio e morte, psicografias, psicografias espiritas recentes, psicografias espiritas, vicio desencarne, cigarro espiritismo, vicio cigarro espiritismo, fumar espiritismo, fumante espiritismo, visao espirita do fumante, fumar visao espirita, cigarro segundo o espiritismo.

 

Gostou? Então COMPARTILHE!
Fechar Menu